O Portal do Norte do Paraná
Paraná

Paraná chega a 1 milhão de doses aplicadas contra a gripe, mas cobertura ainda é baixa

Com 1.014.223 doses aplicadas contra a gripe (Influenza) desde o início da campanha, em 25 de março, o Paraná chegou a 25,36% de cobertura vacinal dos grupos prioritários. Apesar do número colocar o Estado em quinto lugar no ranking nacional de vacinação em relação aos demais estados, mais de 3,5 milhões de pessoas ainda não compareceram para receber a dose contra a doença.     

Os dados da plataforma nacional do Ministério da Saúde são referentes à 26ª Campanha Nacional contra a Influenza, que segue oficialmente até o dia 31 de maio. A vacinação é direcionada aos públicos elegíveis, como idosos, crianças (a partir dos seis meses a menores de seis anos de idade), gestantes, puérperas, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores da saúde, professores, entre outros.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) já recebeu 3.172.000 doses do imunizante para as 22 Regionais de Saúde, contemplando todos os 399 municípios. Elas são trivalentes, fabricadas pelo Instituto Butantan e possuem três tipos de cepas de vírus combinadas: A (H1N1); A (H3N2) e B (linhagem B/Victoria). Crianças que vão receber a vacina pela primeira vez deverão tomar duas doses, com um intervalo de 30 dias. A partir de 9 anos de idade é necessária apenas uma dose.

A vacina da Influenza pode ser administrada na mesma ocasião de outras vacinas do Calendário Nacional de Vacinação e também com outros medicamentos, desde que as administrações sejam feitas com seringas e agulhas diferentes em diferentes locais. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os doadores de sangue que tiverem sido vacinados contra Influenza devem aguardar 48 horas após a vacinação para doarem.

“Nossa meta é chegar aos 90% de cobertura vacinal, então ainda temos muito trabalho pela frente. Queremos convocar aqueles que ainda não se vacinaram para que façam isso antes da mudança de temperatura e da chegada do frio”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. 

17 MILHÕES – Até ao momento já foram aplicadas 17.286.961 em todo o País, que tem uma população-alvo de 75.811.681 pessoas, o que representa 25,88% de cobertura vacinal de gestantes, puérperas, idosos, crianças, povos indígenas vivendo em terras indígenas, entre outros. Na frente do Paraná em números absolutos estão os estados de São Paulo (4.152.97), Minas Gerais (2.090.585), Rio Grande do Sul (1.541.735) e Rio de Janeiro (1.462.969).    

2023 – No ano passado, o público-alvo para a vacinação da gripe no Paraná contemplava 4.627.656 pessoas. Deste quantitativo, o Estado atingiu 55,40% de cobertura vacinal geral dos grupos prioritários e 52,61% de cobertura dos povos indígenas.

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO FM 107.1

Postagens relacionadas

Paraná promove mutirão de renovação de passaportes e outros documentos para haitianos

Deputado Cobra Repórter solicita aos deputados federais e senadores providências para o aumento do piso salarial de Técnicos de Laboratórios de Análises Clínicas

Hemepar adota novos critérios para doação de sangue de pessoas que tiveram Covid-19

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais