O Portal do Norte do Paraná
Região

Suspeitos de sequestrar idoso em Londrina são vizinhos da vítima

Os suspeitos de sequestrar um idoso de 87 anos, em Londrina, no norte do Paraná, no último sábado (11), são vizinhos da vitima. De acordo com a Polícia Civil, os dois homens apontados como autores do crime conheciam o idoso há cerca de um ano, quando o ajudaram a carregar sua mudança.

Segundo o delegado Thiago Teixeira, que investiga o caso, os dois suspeitos trabalham em uma estofaria que fica na frente da casa da vítima. E conheceram o idoso no dia em que ele se mudou para o local, ocasião em que teriam ajudado a descarregar móveis e outros pertences.

A dupla se aproveitou dessa relação amistosa para atrair a vítima com a promessa de negociar a compra de uma mesa. Em meio às negociações, eles convenceram o idoso a os acompanhar até outro local para encontrar o suposto comprador do móvel. Nesse deslocamento os dois suspeitos renderam a vítima e a levaram para o cativeiro.

Polícia procura os suspeitos do sequestro

Após o sequestro, a dupla exigiu dos familiares da vítima um resgate no valor de R$ 1 milhão. Além dessa exigência, os suspeitos fizeram diversas ameaças, afirmando que agrediriam e matariam o idos se o resgate não fosse pago.

As negociações e ameaças seguiram ao longo de quatro dias, tempo em que a vítima foi mantida em cativeiro. E só foram interrompidas depois que o Grupo Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), especializado neste tipo de operação, descobriu o local do cativeiro e resgatou o idoso, na terça-feira (14).

As investigações apontam que a motivação do crime está relacionada a uma dívida que um dos sequestradores teria contraído com um agiota, que estava o ameaçando de morte caso não quitasse o débito. Os dois suspeitos ainda não foram localizados pela polícia, apesar das busca terem sido intensificadas após a liberação da vítima.

Policiais invadem o cativeiro para resgatar o idoso sequestrado (Vídeo: PCPR)

Fonte: Ric TV

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

Postagens relacionadas

Supermercado Juliana abre mais um grande restaurante

Rolândia registra 57 óbitos e 1.642 casos de coronavírus

Homem morre após confronto com a PM em Apucarana

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais