O Portal do Norte do Paraná
Região

Passageiro que estava com motorista que atropelou e matou 4 crianças no PR afirma que condutor estava em alta velocidade

O passageiro, de 65 anos, que estava com o motorista, de 73 anos, que atropelou e matou quatro crianças no distrito de São Luiz, área rural de Londrina, norte do Paraná, afirmou em depoimento que condutor estava em alta velocidade na hora da batida.

O caso foi em 14 de setembro, no distrito de São Luiz, antes das 18h. As crianças voltavam da escola e caminhavam em um trecho da PR-538 sem acostamento e sem calçadas para pedestres.

Morreram no local da batida duas irmãs, de 5 e 9 anos, e um menino de 6 anos. O irmão gêmeo do menino que morreu no hospital no dia seguinte. Relembre o caso mais abaixo.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) entendeu não haver indícios de homicídio por dolo eventual – sem intenção, mas assumindo o risco. O condutor foi preso e solto dias depois, respondendo em liberdade.

“Ele estava sentado na parte traseira da kombi e ele [carona] menciona que pediu para o condutor diminuir a velocidade porque estava com medo. Disse que o sol atrapalhou mesmo o condutor […] mencionou que estava realmente correndo porque tinha um atendimento médico agendado”, disse o delegado Antonio Silvio Cardoso.

Segundo o delegado, o homem resolveu procurar a polícia meses após o acidente porque não havia sido procurado antes.

Após o acidente, o homem saiu do local alegando que ficou com medo de ser linchado por populares. Depois, procurou atendimento médico.

“Ele disse que ficou com medo da aglomeração de pessoas e até o condutor do veículo pediu para ele deixar o local”, disse.

Depoimento não altera nas investigações

Antonio disse que as investigações não serão alteradas porque há diversas provas que estão incluídas no inquérito.

O novo depoimento trouxe a versão que realmente o condutor estava com velocidade acima da permitida para a via.

“Não altera muito porque já havia várias informações que foram coletadas que apontaram que estaria na velocidade incompatível com o local, embora o laudo não conseguiu estabelecer a velocidade que estava na hora do atropelamento”, falou.

O inquérito vai ser encerrado nos próximos dias e entregue ao MP, segundo o delegado.

Distrito de São Luis, em Londrina. Lugar onde houve o atropelamento das crianças — Foto: Vanessa Navarro/RPC

Distrito de São Luis, em Londrina. Lugar onde houve o atropelamento das crianças — Foto: Vanessa Navarro/RPC

Motorista disse que sol atrapalhou

Em depoimento, o motorista alegou que teve a visão ofuscada pelo sol e não enxergou as crianças à frente.

A advogada dele, Thayssa de Paula Serra, disse que esse argumento será usado pela defesa durante o processo para demonstrar que o condutor da Kombi não teve intenção de atingir as crianças.

“Fomos ao local do acidente para fazer todas as filmagens e demonstrar as condições do lugar. O sol toma conta totalmente do campo de visão. Além disso, não há lombadas antes do acesso ao distrito”, afirmou.

Quem são as vítimas

Morreram no acidente:

  • Kelly Gonçalves Maximo da Silva, 6 anos (morreu no local);
  • Kemelly Gonçalves da Silva, 10 anos (morreu no local);
  • Adrian Moraes Bueno, 7 anos (morreu no local);
  • Vinicius Moraes Bueno, 7 anos (morreu no hospital).

De acordo com as famílias das vítimas, dois adolescentes, irmãos dos gêmeos, também foram atropelados. Eles sobreviveram. Trata-se de uma jovem de 15 anos e um jovem de 13.

O acidente

Segundo familiares, as crianças voltavam da escola e caminhavam em um trecho da PR-538 sem acostamento e sem calçadas para pedestres.

Três das quatro crianças morreram na hora. Socorristas do Siate levaram a quarta vítima ao Hospital Universitário (HU), mas ela não resistiu e morreu na unidade de saúde.

Local onde crianças foram atropeladas não tem acostamento e calçadas — Foto: Rubens de Paula/RPC

Local onde crianças foram atropeladas não tem acostamento e calçadas — Foto: Rubens de Paula/RPC

Fonte: G1

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

Postagens relacionadas

Ossada humana é encontrada no marco zero de Londrina

Cobra News (User)

Chuvas intensas causam alagamentos e prejuízos na zona norte de Londrina

Cobra News (User)

Nova onda de frio virá acompanhada de chuvas, prevê Simepar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais