A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Policial  ›  Filho de radialista assassinado no Paraná é preso suspeito de ser mandante do crime, diz polícia

Filho de radialista assassinado no Paraná é preso suspeito de ser mandante do crime, diz polícia

Publicado em: 7 abr 2022

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

O filho do radialista Antônio Beckhauser, de 56 anos, morto a tiros dentro de casa em 15 de setembro de 2021, e outras duas pessoas foram presos nesta quarta-feira (6) por suspeita de envolvimento no crime, de acordo com a Polícia Civil.

As prisões aconteceram simultaneamente em Ubiratã, no oeste do estado, Campina da Lagoa, no centro-oeste do Paraná, e em Nova Mutum, no Mato Grosso, onde o filho foi localizado, segundo a polícia.

No dia do crime, pai e filho assistiam a um jogo de futebol quando um homem entrou na casa e anunciou o assalto. Também estava na casa a mulher do radialista. Os três foram atingidos por disparos de arma de fogo.

O nome do filho não foi divulgado.

De acordo com o delegado Ivo Viana, que investiga o caso, o filho foi atingido por um disparo na perna como parte de uma armação entre ele e os outros suspeitos presos.

Ainda conforme investigação, o homem de 35 anos encomendou a morte do pai e também da mãe, porque teria várias dívidas e viu uma oportunidade de quitá-las com a venda da casa da avó paterna avaliada em R$ 1 milhão.

Para a venda do imóvel, era necessária a assinatura do radialista uma vez que a avó é viúva. Contudo, de acordo com a polícia, os pais e o restante da família não concordavam com a venda da casa.

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.