O Portal do Norte do Paraná
Policial

Filho de radialista assassinado no Paraná é preso suspeito de ser mandante do crime, diz polícia

O filho do radialista Antônio Beckhauser, de 56 anos, morto a tiros dentro de casa em 15 de setembro de 2021, e outras duas pessoas foram presos nesta quarta-feira (6) por suspeita de envolvimento no crime, de acordo com a Polícia Civil.

As prisões aconteceram simultaneamente em Ubiratã, no oeste do estado, Campina da Lagoa, no centro-oeste do Paraná, e em Nova Mutum, no Mato Grosso, onde o filho foi localizado, segundo a polícia.

No dia do crime, pai e filho assistiam a um jogo de futebol quando um homem entrou na casa e anunciou o assalto. Também estava na casa a mulher do radialista. Os três foram atingidos por disparos de arma de fogo.

O nome do filho não foi divulgado.

De acordo com o delegado Ivo Viana, que investiga o caso, o filho foi atingido por um disparo na perna como parte de uma armação entre ele e os outros suspeitos presos.

Ainda conforme investigação, o homem de 35 anos encomendou a morte do pai e também da mãe, porque teria várias dívidas e viu uma oportunidade de quitá-las com a venda da casa da avó paterna avaliada em R$ 1 milhão.

Para a venda do imóvel, era necessária a assinatura do radialista uma vez que a avó é viúva. Contudo, de acordo com a polícia, os pais e o restante da família não concordavam com a venda da casa.

Postagens relacionadas

Acusado estupro de vulnerável é preso em Londrina

Briga em bar termina com agressão em Londrina

Cobra News (User)

Choque elétrico deixa trabalhador inconsciente em Londrina

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais