O Portal do Norte do Paraná
Região

Principal suspeito de morte de síndico é preso no estado de Santa Catarina

O principal suspeito da morte de Adriano Aparecido Allio, que foi encontrado carbonizado e amarrado no banco de trás do próprio carro na zona norte de Londrina, em outubro de 2023, foi preso em Santa Catarina. De acordo com a polícia, o sujeito era considerado foragido pela justiça desde novembro do ano passado, quando em buscas feitas pela Delegacia de Homicídios, ele e a companheira Bruna Monteiro, de 34 anos, não foram encontrados.

Quase um mês após a morte de Adriano, Bruna foi até a DH acompanhada de seu advogado. Também alvo de prisão temporária, ela conseguiu na justiça a reversão da prisão para o uso de tornozeleira eletrônica, onde segue monitorada.

O delegado responsável pelo caso, João Reis, não vê, neste momento, necessidade de pedir um novo pedido de prisão contra ela. O suspeito está preso na cidade de Joinville, e deve prestar depoimento à Delegacia de Homicídios por meio de chamada de vídeo. Posteriormente, o homem deve ser transferido para Londrina. Segundo a Polícia Civil, a motivação do crime segue em aberto.

O inquérito apontou que antes de ser morto, Adriano entrou em luta corporal contra os suspeitos. 

Fonte: Tarobá News

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

Postagens relacionadas

Empresário morre após engasgar com pedaço de carne, em Astorga

Apucarana tem cinco casos de violência doméstica em menos de 24 horas

Rolândia terá nova entrega do Cartão Comida Boa nesta quarta e quinta-feira

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais