A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Região  ›  Mutirão da dengue recolhe 18 toneladas de lixo em três dias de ação em Cambé

Mutirão da dengue recolhe 18 toneladas de lixo em três dias de ação em Cambé

Publicado em: 17 fev 2022

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

A Secretaria de Saúde vem realizando mutirões de limpeza contra a dengue na cidade, priorizando os bairros com maior incidência do mosquito. Em três dias de ação, foram recolhidas aproximadamente 18 toneladas de lixo, dentre objetos que possam acumular água e móveis velhos. Segundo Daniele Rigone, coordenadora das Ações de Campo do Setor de Endemias, foram utilizados caminhões da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente para recolher os materiais, resultando em nove cargas de lixo. Os mutirões são realizados aos sábados e, até o momento, os caminhões já passaram nas vias dos seguintes bairros: Campos Verdes, Centro, Cambé II e Conjunto Habitacional Euthymio Casaroto.

Daniele Rigone explica que a ação acontece em um período propício para a proliferação do Aedes aegypt, mosquito transmissor da dengue. “Janeiro e fevereiro são meses com dias muito quentes e com alto volume de chuvas, tudo que o mosquito gosta”, explica. De acordo com os dados disponibilizados pelo Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypt (LIRAa), entre os dias 10 e 15 de janeiro deste ano, a cidade de Cambé apresentou um Índice Predial de 1,7%. A porcentagem indica que, dentre os 3.246 imóveis vistoriados, foram encontrados 96 criadouros ativos do mosquito em 63 residências. De acordo com o manual divulgado pelo Ministério da Saúde, o índice da cidade de Cambé está classificado como sinal de alerta para uma possível epidemia da doença. Nos últimos seis meses, Cambé confirmou 20 casos da doença.

Segundo a coordenadora, 90% dos focos do mosquito são encontrados dentro das residências “Nós pedimos a colaboração da população para não deixar jogado nenhum objeto que possa acumular água, como vasos de planta, pneus e garrafas. É importante também ficar atento com os potes de água dos animais e os reservatórios de água das geladeiras”, ressalta.

Nestes três dias de ação, cerca de 23 mil pessoas e 15 mil imóveis foram alcançados e, segundo Rigone, a quantidade de materiais recolhidos está dentro da média esperada, sendo destinada ao aterro sanitário. Os mutirões vão continuar aos sábados, na seguinte ordem: no dia 19 de fevereiro no Santo Amaro e Jardim São Paulo; no dia 05 de março no Silvino; no dia 12 de março no Novo Bandeirantes e nas proximidades do 24 Horas; e no dia 19 de março nas vias do Ana Rosa e Cambé IV.

O mutirão vai percorrer as vias dos bairros das 7h30 às 15h recolhendo objetos que possam acumular água, como vasos, tanques, pneus, latões, galões, móveis velhos. A Secretaria de Saúde frisa que as pessoas devem deixar esses materiais nas calçadas antes do horário, preferencialmente na sexta-feira à noite.

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.