O Portal do Norte do Paraná
Paraná

Mulher perde R$ 3 mil no ‘jogo do tigrinho’, aciona PM fingindo ter sido roubada e acaba na delegacia

Uma mulher de Pato Branco, no sudoeste do Paraná, perdeu o próprio salário de R$ 3 mil no ‘jogo do tigrinho’, cassino online famoso que promete ganhos altos e é considerado ilegal no país. 

Após o fato, no entanto, a mulher acionou a Polícia Militar (PM) informando que havia sido roubada ao descer do ônibus, na região do Bairro São Cristóvão.

No local, a PM orientou a suposta vítima sobre os procedimentos envolvendo a contravenção penal de comunicação falsa de crime, que é quando a pessoa faz a comunicação de um crime que não ocorreu e gera atuação de uma autoridade para investigar um falso crime.

Neste momento a mulher confessou aos policiais que perdeu o valor no “jogo do tigrinho”, mas que não quis contar a verdade ao marido, porque esta não foi a primeira vez que ela perdeu o próprio salário no site de apostas.

Depois de revelar o falso roubo, a mulher foi conduzida à delegacia onde assinou um Termo Circunstanciado por comunicação falsa de crime.

O crime está previsto no artigo 340 do Código Penal com pena de até seis meses de detenção e multa.

O que é o jogo

O “jogo do tigrinho” é um cassino online famoso que promete ganhos fabulosos. Na prática, o objetivo dele é que o jogador faça uma combinação de três figuras iguais nas três fileiras que aparecem na tela.

O game de cassino online, do tipo caça-níquel, promete ganhos em dinheiro. Por ir contra a Lei de Contravenções Penais – que considera crime os jogos de azar em que o ganho ou a perda dependem da sorte – o jogo é considerado ilegal.

No Brasil, o “Fortune Tiger” ficou famoso principalmente devido à extensa campanha que incluiu muitos influenciadores digitais e jogadores que compartilham suas táticas para se dar bem.

Fonte: G1

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

Postagens relacionadas

Coronavírus: Número de casos confirmados sobe para 30.241 no Paraná

PM do Paraná leiloa 258 veículos em 11 cidades do estado

Cães farejadores ajudam a localizar foragidos da cadeia

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais