O Portal do Norte do Paraná
Região

Mudanças em linhas de ônibus atrapalham a rotina de passageiros em Londrina

Alterações nos horários e na circulação dos coletivos ocorrem em virtude das obras do viaduto da Avenida Dez de Dezembro

 

A mudança em algumas linhas de ônibus do transporte coletivo em Londrina está gerando uma série de reclamações por parte dos passageiros. Desde segunda-feira (28), houve alterações nos horários e alguns veículos deixaram de circular, pegando muita gente de surpresa.

“Eu estava no ponto de ônibus e a maioria estava esperando o 810 (São João-Tiradentes). Todo mundo perdeu tempo, porque eles não estavam sabendo, assim como eu, que a linha não está mais funcionando em alguns horários”, comenta Valdete Passos, que utiliza o transporte coletivo diariamente e reclamou da maneira como as alterações foram informadas. “Esses avisos têm que circular com muita antecedência. A administração deve lembrar que a maioria das pessoas desce dos ônibus correndo para pegar o próximo e poucos param para ler uma folha de papel na parede. Aumentam o preço da tarifa e a qualidade dos serviços cai”, diz ela, que estava no Terminal Central.

A linha 810, que a dona de casa se referiu, está entre as cinco linhas que sofreram mudanças. Ela deixou de circular das 9h às 15h30. Nesse intervalo, os passageiros devem utilizar o 308 (Jardim Bandeirantes) no Terminal da Zona Oeste sentido Terminal Central, e embarcar no 106 (Conjunto Guilherme Pires). O mesmo vale para o trajeto contrário.

As linhas 203 (Parque Ouro Branco), 202 (Conjunto Roseira), 222 (Vale Azul) e 210 (Jardim União da Vitória), todos na zona sul, também sofreram alterações. No Terminal Central, a cuidadora Alice Neves tentava entender os novos horários da linha 203. Ela conta que utiliza esse ônibus duas vezes ao dia e que a mudança vai alterar sua rotina em pelo menos uma hora. “Eu pegava o ônibus às 16h45 e agora vou ter que pegar às 16h05. É isso que eu entendi. Será que vai mudar o trajeto também? É muita falta de informação”, reclamou.

Por nota, a assessoria de imprensa da CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) informou que as alterações estão ocorrendo por conta das obras do viaduto na Avenida Dez de Dezembro (zona leste), que têm provocado mudanças no trânsito em todas as vias alternativas. Esse motivo, de acordo com o órgão, também levou ao encerramento da linha 605 (Rápido Acapulco), pois o trajeto que incluía a rotatória da Dez de Dezembro teve o fluxo prejudicado, deixando de atender a proposta de ser uma linha rápida.

Os passageiros que estão no Terminal Acapulco (zona sul) com destino ao Terminal Central devem embarcar agora nas linhas 212, 217, 601 e 602 (sentido Terminal Central). Quem faz o trajeto de volta, conta com as mesmas linhas, mas o 602 é no sentido Terminal Acapulco/Irerê.

Sobre a redução na circulação da linha 810, a assessoria respondeu que a companhia está reforçando a linha 308 com mais horários entre 8h20 e 16h. Já em relação à falta de informação e tempo de aviso aos passageiros, a CMTU diz que a divulgação ocorreu com uma semana de antecedência e que “os cartazes são uma forma de comunicação direta ao usuário da linha.”

Ainda de acordo com a CMTU, as mudanças estão sendo avaliadas pela Diretoria de Transporte, pois envolve a demanda da linha e o andamento da obra do viaduto.

Extinção

Além da linha 605, também foi extinta a 905 (Terminal Acapulco – HU), assim como aconteceu com três linhas do Psiu, desde o dia 19 de janeiro. São elas: 011 – Psiu Santa Rita, 013 – Psiu Shopping e 023 – Psiu Evangélico. A redução dos ônibus Psiu ocorreu no período em que o contrato de concessão do transporte coletivo no município se encerrou. As três linhas eram de responsabilidade da empresa TCGL (Transportes Coletivos Grande Londrina).

O processo licitatório que estava em andamento acabou sendo suspenso pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) dias antes e o contrato com as empresas concessionárias foi prorrogado por mais seis meses até que uma nova licitação seja elaborada.

Outras mudanças

A próxima mudança no trânsito devido às obras do viaduto na Avenida Dez de Dezembro deverá ser o fechamento de uma das pistas da via no sentido norte-sul. No entanto, o secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa, informou que ainda não há uma data definida para a interdição. “Estamos dependendo da finalização da obra da alça de acesso para a (rua) Norman Prochet, a qual se encontra em execução. Se o tempo colaborar, é possível que a empreiteira conclua no início da próxima semana”, afirma. A interdição da pista, que estava programada inicialmente para até o dia 10 de janeiro, depende das adequações na Norman Prochet para o desvio do trânsito.

“Enquanto isso, as equipes estão trabalhando na abertura do canteiro central da Avenida Dez de Dezembro, esquina com a rua Santa Eliza, em frente ao Terminal Rodoviário”, conta o secretário. O cronograma inicial das obras sofreu um atraso por conta das chuvas no início do mês. No período, houve deslizamento de terra na pista e muita lentidão no trânsito.

A CMTU também vem realizando mudanças no sistema viário nas imediações em virtude do fechamento da rotatória. A companhia criou rotas alternativas para ligar a zona norte à área central da cidade. As vias secundárias estão distribuídas num trecho de cerca de 1,5 km entre a BR-369 e o Terminal Rodoviário. E há aproximadamente duas semanas houve uma mudança de sentido no trânsito da Rua Santa Teresinha, entre as avenidas Celso Garcia Cid e Martiniano do Valle Filho, na zona leste. Para acessar a Rua Santa Teresinha no sentido norte, os condutores devem passar pela Avenida Carmela Dutra, Rua Limão e Rua dos Coqueiros.

O prazo para conclusão da obra do viaduto é de 15 meses a partir da ordem de serviço, assinada no final de agosto de 2018.

Via Folha de Londrina

Foto: Saulo Ohara/Grupo Folha

 

Essa e outras informações na programação da Rádio Cultura AM 930

Postagens relacionadas

Perícia conclui que incêndio em pizzaria temática na zona sul foi intencional

Cobra News (User)

Suspeito de esfaquear homem na zona oeste está em liberdade

Cobra News (User)

Dupla rolandense se apresenta pra mais de 15 mil pessoas no reveillon

Cobra News (User)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais