O Portal do Norte do Paraná
Região

Mãe é suspeita de matar filho de 3 dias após esconder gravidez da família no Norte do PR

Na região norte do Paraná, a cidade de Araruna foi abalada por um crime chocante ocorrido nesta segunda-feira (11). Uma mulher de 41 anos foi detida sob suspeita de ter assassinado o próprio filho recém-nascido, com apenas três dias de vida, depois de ocultar sua gravidez da família. O corpo da criança foi descoberto envolto em um cobertor dentro de um banheiro de uma residência em construção.

De acordo com relatos, a mulher estava envolvida em um relacionamento e descobriu que estava grávida. Contudo, ela optou por não informar ao seu parceiro sobre a gestação. Na terça-feira anterior (5), alegou que precisava ir a Arapongas para realizar alguns exames, mas na verdade dirigiu-se a Terra Boa, onde deu à luz à criança.

Ao retornar para casa na sexta-feira (8), a mulher trouxe consigo o bebê, entretanto, afirmou ao companheiro que a criança pertencia a uma amiga. A partir desse momento, o recém-nascido não foi mais visto.

No desdobramento dos acontecimentos, na segunda-feira (11), o Conselho Tutelar visitou a residência da mulher e dialogou com seu companheiro, revelando-lhe a existência da gravidez. Na ausência da mulher, que retornou posteriormente, confessou o crime e indicou o local onde o corpo da criança estava oculto, vítima de asfixia.

A mulher foi detida, e o caso será investigado pela Polícia Civil do Paraná.

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

Postagens relacionadas

Com diferença de apenas duas horas, marido e mulher morrem de Covid-19

Presidente da Amaaar convida população para 3ª Corrida do Autismo

Cobra News (User)

Inscrições para projeto de ginástica foram reabertas em Londrina

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais