A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Policial  ›  Londrina: Justiça manda soltar empresário investigado por fraude no DPVAT

Londrina: Justiça manda soltar empresário investigado por fraude no DPVAT

Publicado em: 10 abr 2021

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

Depois de mais de um ano na cadeia, a Justiça mandou soltar o empresário Márcio Cantoni. Ele é investigado por envolvimento em fraudes no pagamento do DPVAT, o seguro obrigatório.

Márcio Cantoni, de 42 anos, foi preso em dezembro de 2019 em um hotel de luxo em Minas Gerais. Ele chegou a apresentar um documento de outra pessoa, mas pressionado, confessou a verdadeira identidade e ofereceu R$ 5 mil aos policiais para não ser preso. Acabou detido por corrupção ativa, uso de documentos falsos e porte de droga para consumo pessoal.

O empresário é investigado pelo Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) por associação criminosa, estelionato e apropriação indébita.

Segundo o Ministério Público, ele chefiava o grupo criminosa, “identificava e atraia as vítimas, entrava com ações judiciais em nomes delas pedindo indenizações do seguro obrigatório, mas o dinheiro não era repassado às vítimas, mas sim dividido entre os integrantes da quadrilha”.

Márcio Cantoni era dono da Cantoni Revisões, que chegou a ter filiais até no nordeste do país. A defesa do empresário fez vários pedidos de liberdade, no entanto todos foram negados. Neste, os advogados usaram outros argumentos.

Apontaram que há um surto de Covid-19 no presídio onde está detido e que o cliente já ficou doente, estando em risco por falta de estrutura de atendimento para sua saúde. Também indicaram que, neste momento, a liberdade do empresário não colocaria mais em risco as investigações.

O próprio Ministério Público concordou com o pedido de soltura, que foi aceito pela Justiça.

Márcio Cantoni foi autorizado a deixar a cadeia, mas não poderá ter contato com outros investigados, não poderá sair de casa durante a noite, está proibido de manter atividades econômicas de suas empresas e ainda ficará com monitoramento eletrônico, com tornozeleira pelo prazo inicial de 90 dias.

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

(Via G1 Paraná)

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.