O Portal do Norte do Paraná
Política

Líderes mundiais reagem à morte de Alexei Navalny; veja

A morte de Alexei Navalny, principal opositor do presidente russo Vladimir Putin, nesta sexta-feira (16), repercutiu no mundo todo. Líderes mundiais cobraram por explicações.

Joe Biden, presidente dos EUA

O presidente americano, Joe Biden, convocou uma coletiva de imprensa e disse que Putin é responsável pela morte de Navalny.

“Não se engane: Putin é responsável pela morte de Navalny. Putin não visa apenas cidadãos de outros países, como vimos no que está acontecendo na Ucrânia neste momento, ele também inflige crimes terríveis ao seu próprio povo”, destacou Biden.

Biden também apontou que “não está surpreso”, mas “indignado” após os relatos da morte.

Emmanuel Macron, presidente da França

O presidente francês Emmanuel Macron se reuniu nesta sexta-feira (16) com o líder ucraniano Volodymyr Zelensky para assinar um pacto de ajuda militar que inclui o fornecimento de 3 bilhões de euros em armamentos.

Durante o encontro, Macron disse que a “a morte de Navalny mostra a fraqueza do Kremlin e o medo de todos os oponentes.”

Olaf Scholz, chanceler da Alemanha

O chanceler alemão, Olaf Scholz, se manifestou por meio de uma mensagem no X (antigo Twitter) e criticou o governo russo.

“ Estou profundamente triste com a morte de Alexei Navalny. Ele defendeu a democracia e a liberdade na Rússia – e aparentemente pagou pela sua coragem com a vida. Esta notícia terrível mostra mais uma vez como a Rússia mudou e que tipo de regime está no poder em Moscou”, disse.

Com informações:CNN

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

Postagens relacionadas

Lula veta calendário de pagamento de emendas e amplia atrito com Congresso

Cobra News (User)

Rádio Cultura de Rolândia e Portal Cobra News farão cobertura completa das eleições municipais

Anderson Torres foi à Bahia pessoalmente pedir apoio da PF à PRF visando interferir no fluxo de eleitores

Cobra News (User)

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais