A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Região  ›  Em novo período de monitoramento, Rolândia registra 29 casos suspeitos de dengue

Em novo período de monitoramento, Rolândia registra 29 casos suspeitos de dengue

Publicado em: 12 ago 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

A Secretaria da Saúde do Paraná divulgou nesta terça-feira (11) o primeiro boletim do novo período sazonal da dengue no Estado. Rolândia ainda não registra nenhuma confirmação de dengue, mas inicia o período com 29 casos em investigação.

O monitoramento terá sequência até julho de 2021, com dados notificados pelos municípios, acompanhados pelas Regionais de Saúde e analisados e publicados pela Coordenadoria de Vigilância Ambiental, vinculada à Diretoria de Atenção e Vigilância em Saúde.

3º LIRAa

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o 3º Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), realizado entre os dias 3 e 8 de agosto de 2020 foi de 0%, o que significa que nos imóveis inspecionados não foram encontrados criadouros com larvas do mosquito.

O resultado coloca o município em situação de baixo risco segundo parâmetros da Organização Mundial da Saúde, que preconiza um índice de até 1% como aceitável.

No entanto, a Secretaria ressalta que no período epidemiológico anterior Rolândia passou por uma epidemia de dengue e, por isso, a participação da população no controle do Aedes aegypti é extremamente importante.

Bloqueio educativo

Durante esta semana, equipes de agentes de Endemias estão fazendo bloqueio educativo no Jardim José Erdei. A ação é voltada à remoção de possíveis criadouros do mosquito, além de divulgação e orientação sobre a situação epidemiológica do bairro.

A Secretaria de Saúde solicita à população que atenda os agentes de Endemias, que estão devidamente uniformizados e identificados.

A Secretaria de Saúde disponibiliza contatos para dúvidas, reclamações e sugestões relacionadas à dengue pelos telefones: 3906-1126, 3906-1122 e 3906-1141.

Casos no Paraná

O Paraná inicia o período com 79 novos casos confirmados, em 29 municípios. São 484 notificações e 350 casos em investigação. Segundo a coordenadora de Vigilância Ambiental, Ivana Belmonte, o mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, se prolifera inclusive no inverno, por isso a recomendação de eliminação dos criadouros é válida para o ano todo.

Além da dengue, o Aedes aegypti transmite zika, chikungunya e a febre amarela urbana. A transmissão das doenças se dá pela picada do mosquito fêmea infectado.

Existem quatro tipos de vírus de dengue no Paraná. Cada pessoa pode contrair a infecção provocada pelos diferentes sorotipos e a imunidade é gerada após a contaminação por cada um. A reincidência da dengue pode agravar os sintomas, podendo desenvolver a forma grave da doença.

Com informações da AEN e da Prefeitura de Rolândia

Outras notícias na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.