O Portal do Norte do Paraná
Região

Defesa Social divulga balanço de um ano da fiscalização da lei seca em Londrina

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria de Defesa Social, divulgou nesta quinta-feira (14) o balanço das autuações feitas através da fiscalização da lei 12.744/2018, a “Lei seca”. A fiscalização é feita pela Guarda Municipal (GM) de Londrina e completa um ano neste mês de novembro. Ao todo foram registradas, até o final da primeira semana do mês, 814 autuações. Das quais 220 pessoas entraram com pedido de defesa junto à secretaria. Do total de autos, 130 foram arquivados.

A legislação proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nas vias públicas do município das 22h às 8h da manhã seguinte, e em qualquer horário do dia em menos de 300 metros de creches e instituições de ensino fundamental e médio. O projeto de lei do executivo foi aprovado em julho de 2018 pela câmara municipal. A Guarda Municipal de Londrina, responsável pela fiscalização, orientou a população entre julho e outubro daquele ano. A legislação prevê que os recursos obtidos por meio das multas devem ser destinados para campanhas educativas.

O secretário municipal de Defesa Social, Pedro Ramos, avaliou o primeiro ano do cumprimento da legislação na cidade. “Entendo que essa lei, que disciplina esse comportamento em via pública, é importante porque muitas reclamações deixaram de existir. Problemas de perturbação do sossego vinculados à ingestão de bebida alcoólica em via pública deixaram de existir. Hoje estão pacificados os principais locais que tinham muita reclamação em relação a essa questão de perturbação, e que deu origem à lei. A avaliação é positiva. E o importante agora é manter a fiscalização por se tratar de uma mudança de comportamento. Porque a partir do momento que se deixar de fiscalizar, corre o risco da situação voltar ao estado anterior”, explicou.

Quem for flagrado, em descumprimento à lei, será multado em R$500,00. No caso da primeira reincidência a multa dobra para R$1.000,00. Na segunda reincidência o valor vai para R$1.500,00 e a partir da terceira fica em R$2.000,00. O pagamento da multa deverá ser feito em até 60 dias corridos a contar da data do auto de infração. Caso a pessoa opte pelo pagamento voluntário, o valor da multa será reduzido em 40% se for paga em até 30 dias a contar da data da lavratura do auto.

A Guarda Municipal de Londrina atende 24 horas por dia através da central 153. A ligação é gratuita e funciona de qualquer telefone.

Texto e foto: Bruno Amaral/Defesa Social

Outras notícias na programação da Rádio Cultura AM 930

Postagens relacionadas

Cambé divulga novas datas de aplicação da segunda dose e da dose de reforço da vacina contra Covid-19

Homem morre e três pessoas ficam feridas em acidente na PR-444 em Arapongas

Colisão entre carro e trem deixa dois feridos em Arapongas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais