O Portal do Norte do Paraná
Região

Agentes de endemias de Apucarana visitam cerca de 100 residências

Os agentes de endemias da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) de Apucarana visitaram aproximadamente 100 residências de diversos bairros no sábado (12). A ação de prevenção à dengue teve boa receptividade dos moradores e será feita em mais dois finais de semana – no próximo sábado (19) e no dia 26.

A atuação dos agentes é voltada, principalmente, para o trabalho de recuperação, que consiste no retorno nas casas encontradas fechadas dentro do cronograma de vistorias que realizaram de segunda a sexta-feira.

Conforme levantamento da Divisão de Controle de Endemias da AMS, as visitas foram realizadas em imóveis dos Jardins Independência, Nossa Senhora de Lourdes, São Pedro, Eldorado, Vila Formosa e nas proximidades do Estádio Municipal Olímpio Barreto.

Segundo o diretor de Divisão de Endemias da MAS, Mauro de Aguiar, a cada dez casas vistoriadas, três tinham focos do mosquito da dengue. “Os moradores receberam orientações sobre como manter o seu quintal sem ambientes propícios à criação do Aedes aegypti, o transmissor da dengue e de outras doenças como a Zika e a Chikungunya”, ressalta.

Um dos fatores que vem chamando a atenção dos agentes de endemias é a grande quantidade de tambores e caixas para coleta da água da chuva contendo focos do Aedes. “Estes locais de armazenamento de água estão entre os maiores responsáveis pela proliferação das larvas do mosquito no município”, alerta Mauro.

No próximo sábado (19), a ação preventiva se concentrará nos bairros da região das Vilas Regina e Apucaraninha. Os agentes ainda não tem local definido para visitar no dia 26. “A exemplo do que aconteceu no último sábado, contamos com a colaboração dos moradores desses dois bairros, facilitando o acesso dos nossos agentes em suas residências. O trabalho que realizam é muito importante para mantermos nosso município livre da dengue”, esclarece o diretor de Divisão de Endemias.

O prefeito em exercício, Junior da Femac, faz um apelo para que a população some forças com a ação do poder público para realizar um efetivo trabalho de prevenção e combate à dengue. “Vistoriem suas casas regularmente para eliminar qualquer recipiente que possa acumular água, que é o ambiente propício para o foco de larvas do Aedes aegypti”.

Apucarana não teve nenhum caso confirmado de dengue durante o atual ciclo epidemiológico, iniciado em agosto de 2018. Foram 59 notificações, com 17 resultados negativos, 2 inconclusivos, 30 à espera de resultado e 10 pessoas que se recusaram a fazer o exame.

O último Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRA), realizado em novembro, apontou um índice de infestação de 1,9% na cidade.

 

Foto: Profeta

Fonte: Prefeitura de Apucarana

Postagens relacionadas

Adolescente de 16 anos é baleado no Jardim Tókio, zona oeste de Londrina

Cobra News (User)

Escola Municipal é alvo de ladrões em Rolândia

Mercados de Londrina ficam sem água mineral após alterações na água

Cobra News (User)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais