O Portal do Norte do Paraná
Política

TJ-PR suspende afastamento de Francisconi e prefeito retorna ao cargo

Desembargador Luís Carlos Xavier, do Tribunal de Justiça do Paraná, determinou o retorno imediato de Luiz Francisconi à administração municipal.

 

Luiz Francisconi Neto (PSDB) volta para o cargo de prefeito de Rolândia, por decisão judicial do desembargador Luís Carlos Xavier, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR). O despacho foi publicado hoje (14) e revoga a medida cautelar de afastamento do cargo público, mas mantém as demais. Xavier determinou a volta imediata de Francisconi para a administração municipal.

A resolução do desembargador considera que o prefeito, enquanto afastado, não descumpriu quaisquer medidas cautelares a ele impostas. A decisão judicial também foi baseada na absolvição da denúncia de improbidade administrativa por parte da Câmara Municipal de Rolândia, ocorrida no dia 2 de fevereiro.

Francisconi estava afastado do cargo desde o dia 13 de setembro do ano passado, denunciado no âmbito da Operação Patrocínio, do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). O afastamento por prazo indeterminado se deu em razão de medida cautelar imposta pelo TJ-PR.

A defesa do prefeito argumentou ao Tribunal de Justiça que as demais medidas cautelares impostas – proibição de manter contato com qualquer um dos investigados, colaboradores ou testemunhas e proibição de se ausentar da comarca sem prévia solicitação e autorização judicial – são suficientes para manter a ordem pública e que a volta para o cargo não acarreta prejuízo algum ao andamento das investigações.

Diante da argumentação da defesa, o desembargador entende que não houve descumprimento de nenhuma das medidas. Ainda segundo o despacho, não há comprovação de que Francisconi tenha se ausentado da cidade por mais de oito dias sem autorização, como foi alegado pela Câmara Municipal de Rolândia.

Xavier também considerou que a volta de Francisconi para a administração municipal não irá prejudicar o andamento processual. “Tendo em vista o lapso temporal decorrido desde a imposição das medidas cautelares ao requerente (03 meses), bem como o estado em que o feito se encontra, entendo pelo acolhimento do pedido de revogação da medida cautelar de suspensão do exercício do cargo público. A medida cautelar de afastamento do cargo público se justifica até o término da instrução da ação penal, e, no caso, tendo sido oferecida a denúncia, bem como estando em aberto o prazo para apresentação da defesa preliminar, por certo que não se faz necessária a continuidade da medida”, diz a decisão.

Comissão Processante

A Comissão Processante (CP) contra Franscisconi foi instaurada no dia 29 de outubro de 2018, em decorrência de prática de infração político-administrativa.

O Requerimento de autoria do vereador João Gaúcho (PSC), foi protocolado na Câmara com a intenção de apurar fraude em licitação, recebimento de propina e atos de improbidade em razão de infração aos princípios da administração pública.

Antes da apresentação do relatório final da CP, o prefeito faltou a três oitivas solicitadas pelos membros da comissão – o presidente Irineu de Paula (PSDB), o relator Reginaldo Silva (SD) e a Edileine Griggio (PSD).

O julgamento sobre a cassação do mandato de Luiz Francisconi ocorreu no dia 2 de fevereiro, na Câmara Municipal. Na ocasião, seis vereadores votaram pela cassação e quatro se abstiveram. A votação absolveu o prefeito das acusações de caráter político-administrativo e a denúncia foi arquivada.

Durante o tempo em que Francisconi esteve afastado, quem ocupou seu cargo, interinamente, foi o vice-prefeito Roberto Negrão (PR).

Texto e foto: Daiane Valentin

 

Mais notícias na programação da Rádio Cultura AM 930

Postagens relacionadas

Participação de Haddad em audiência pública na Câmara é marcada por bate-boca com deputados

Cobra News (User)

STF reconhece assédio judicial a jornalistas e veículos de imprensa

Cobra News (User)

Relator projeta mais de 50 votos a favor de indicação de Dino ao STF

Cobra News (User)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais