O Portal do Norte do Paraná
Policial

Suspeito de planejar abuso sexual com bebê é preso em Apucarana

A Polícia Civil prendeu em flagrante um servidor público federal de 42 anos em um motel de Apucarana, no norte do Paraná, pelos crimes de armazenamento e compartilhamento de pornografia infantil. O homem, inclusive, estaria planejando um suposto abuso sexual com um bebê. A operação foi realizada na tarde desta terça-feira (23).

Segundo a corporação, a Delegacia da Mulher de Arapongas teria recebido uma denúncia de que um indivíduo teria programado um encontro com uma mulher em um motel localizado em Apucarana. A partir disso, o suspeito começou a enviar inúmeros vídeos de pornografia infantil para essa mulher.

Diante de tal situação, a mulher procurou a Delegacia da Mulher de Arapongas, relatando todos os fatos.

Segundo a PCPR, os agentes da Delegacia da Mulher de Arapongas tiveram acesso ao registro das conversas de whatsapp mantidas entre o suspeito e a denunciante, as quais continham vídeos de pornografia infantil e a informação de que tal suspeito estaria planejando um suposto abuso sexual com um bebê.

Após o investigado ter marcado o encontro com tal mulher, os agentes da Delegacia da Mulher de Arapongas, com apoio de policiais da 22ª SDP de Arapongas, deslocaram-se até o motel localizado em Apucarana, e lograram êxito em localizar tal suspeito no Interior de um quarto do motel.

Durante a abordagem, os policiais localizaram, junto com o individuo, o seu aparelho celular, o qual continha vários vídeos de pornografia infantil. Localizaram, também, uma pequena porção de entorpecentes.

Diante dos fatos, os policiais deram voz de prisão em flagrante e encaminharam o suspeito à 17ª SDP de Apucarana.

O investigado, que é servidor público federal, responderá pelos crimes de adquirir, possuir, armazenar e divulgar material pornográfico envolvendo criança e adolescente, bem como drogas para consumo pessoal.

Após os procedimentos, o investigado foi encaminhado ao Mini Presídio de Apucarana, encontrando-se à disposição do Poder Judiciário.

DENÚNCIAS- A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem em investigações. As denúncias podem ser feitas de forma anônima, pelos números 197, da PCPR ou 181, do Disque-Denúncia.

Com informações de TN Online

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

Postagens relacionadas

Assassinato de sargento aposentado em Rolândia completa dois meses, autor do crime segue foragido

Cobra News (User)

Escola de Cambé é invadida por homem que tentava fugir após praticar roubo

Cobra News (User)

Mulher cai do quinto andar de prédio em Arapongas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais