A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Região  ›  Secretária de líderes religiosos indiciados por tráfico de pessoas para trabalho escravo é presa, em Maringá

Secretária de líderes religiosos indiciados por tráfico de pessoas para trabalho escravo é presa, em Maringá

Publicado em: 13 ago 2021

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

A secretária da igreja de três líderes religiosos que foram presos e indiciados por tráfico de pessoas com a finalidade de trabalho análogo à escravidão, em Maringá, no norte do Paraná, também foi presa.

Segundo a Polícia Civil, a mulher teve mandado de prisão preventiva cumprido, nesta quinta-feira (12), após a investigação apontar que ela cuidava das finanças da igreja e coordenava e fiscalizava a venda de pizzas por crianças e adolescentes.

A polícia informou que as crianças e adolescentes vendiam as pizzas em nome da igreja para ajudar pacientes em tratamento contra o câncer. Apesar disso, o dinheiro ficava com os líderes religiosos.

O inquérito apontou que onze vítimas foram submetidas a trabalhos forçados, jornada exaustiva e a condições degradantes.

Os três líderes religiosos comandavam a Igreja das Nações da Poderosa Mão de Deus e foram alvo de uma operação da Polícia Civil, no dia 23 de julho. Os alvos foram o apóstolo, a bispa e o filho do casal, que é pastor na igreja.

A família, segundo o Núcleo de Proteção de Crianças e Adolescentes (Nucria) foram indiciados por tráfico de pessoas com a finalidade de trabalho análogo à escravidão, além de associação criminosa e subtração de incapaz.

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.