O Portal do Norte do Paraná
Brasil

Ministra da Mulher visita Brumadinho para encontrar autoridades

Visita foi nesta quinta-feira (7) e Damares Alves afirmou que uma de suas principais preocupações é oferecer uma justa reparação aos indígenas prejudicados pelo rompimento da barragem.

 

Acompanhada de comitiva, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, viajou hoje (7) para Brumadinho (MG), local onde ocorreu o rompimento da barragem da Vale. Damares teve reuniões com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema e autoridades das esferas estadual e municipal. A ministra também visitou regiões atingidas pela tragédia.

Além de Damares, integram a comitiva membros da Fundação Nacional do Índio (Funai), Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SNPIR) e Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA).

Uma das principais preocupações de Damares é oferecer uma justa reparação aos indígenas prejudicados pelo rompimento da barragem. “Não houve vítimas fatais, porém os indígenas estão sendo afetados, considerando que o rio [Paraopeba] foi contaminado e eles dependem dele para sobreviver”, disse a ministra em nota divulgada pela assessoria da pasta.

Damares ressaltou que o rompimento é uma tragédia humana. “Viemos não somente prestar solidariedade, como também acompanhar se todos os procedimentos e protocolos de atendimento para situações de desastre estão sendo observados”.

Com informações da Agência Brasil

Foto: Rafael Carvalho/Governo de Transição

 

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

Postagens relacionadas

Mega Sena acumula e paga R$ 38 milhões na quarta-feira

Prazo para agendar revisão de perícia no INSS e evitar perda do auxílio-doença termina nesta sexta

Gastos com alimentação do Governo Bolsonaro em 2020 impressionam, R$ 15 milhões só em leite condensado

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais