O Portal do Norte do Paraná
Policial

Menino de três anos morre duas semanas após ser picado por escorpião

Um menino de três anos morreu neste sábado, 5, duas semanas depois de ter sido picado por um escorpião, em Itapetininga, interior de São Paulo. Essa é a primeira morte de crianças em decorrência de acidentes com escorpião este ano. No ano passado, houve 12 óbitos, a maioria de crianças. Enzo Gabriel Fernandes Alexandrino brincava na casa de uma tia, no bairro Nova Itapetininga, no dia 22 de dezembro, quando recebeu a picada na mão.

A criança recebeu o soro antiescorpiônico no pronto-socorro do Hospital Leo Orsi Bernardes, na cidade, mas não reagiu. Dois dias depois, com o quadro agravado, o menino foi transferido para o Hospital Regional de Sorocaba, recebeu medicação, mas entrou em coma. O corpo foi sepultado no fim da tarde de sábado, no Cemitério São João Batista, em Itapetininga.

Conforme boletim do Centro de Vigilância Epidemiológica (CEV) do Estado, de janeiro a 17 de dezembro de 2018, houve 26.929 ataques de escorpiões no Estado, causando 12 mortes. Os números são maiores que em igual período de 2017, quando foram 21.711 ataques e 7 mortes.

Em dezembro último, a Secretaria de Saúde de São Paulo expediu comunicado de alerta aos serviços de saúde sobre os ataques de escorpiões, pedindo a imediata notificação dos casos. Conforme o alerta, o aracnídeo Tityus serrulatus, conhecido como escorpião amarelo, é responsável pela maior parte dos acidentes no Estado. Os municípios foram alertados para realizar ações de controle do animal peçonhento.

(Via Banda B)

Postagens relacionadas

Duas pessoas são esfaqueadas em hotel da cidade de Londrina

Carreta com botijões de gás tomba na PR-445

Homem de 79 anos morre vítima de picadas de abelhas na zona rural de São Lourenço

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais