O Portal do Norte do Paraná
Paraná

Médica é investigada suspeita de emitir laudos falsos de câncer de pele e recomendar cirurgia de até R$ 5 mil

Uma médica que atua em Pato Branco, no sudoeste do Paraná, é investigada pela Polícia Civil por suspeita de emitir laudos falsos atestando que pacientes estavam com câncer de pele. A informação é do delegado Helder Andrade Lauria. O nome da profissional não foi divulgado.

Conforme o delegado, nas consultas a médica examinava pintas e manchas dos pacientes e afirmava que algumas delas poderiam ser cancerígenas.

Na sequência, ela fazia retirada de material e encaminhava para um laboratório. Na reconsulta, ela apresentava ao paciente um laudo aparentemente falso com diagnóstico de câncer de pele.

Segundo as investigações, a médica, então, marcava um procedimento de ampliação de margens, que consiste na retirada de parte da pele onde supostamente estaria o câncer.

A cirurgia era feita no próprio consultório dela e custava de R$ 3 a R$ 5 mil por paciente, segundo a polícia.

A Polícia Civil disse que, até esta quarta-feira (28), nove vítimas procuraram a delegacia para prestar queixa contra a médica. Dentre elas, oito realizaram a intervenção cirúrgica com a médica.

Se comprovada a fraude, a médica poderá responder por crimes como estelionato e lesões corporais. Somadas as penas podem chegar a 6 anos de prisão.

Procurado , o Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) disse que vai abrir uma sindicância para apurar a denúncia de possível desvio ético pela médica.

Com informações:G1

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

Postagens relacionadas

Centrais de relacionamento da Sanepar estarão abertas neste sábado em todo Estado

Cobra News (User)

Fundepar distribui recursos à rede estadual para reforçar combate à pobreza menstrual

Cobra News (User)

Treze cidades do Paraná registram recorde de calor. Veja quais

Cobra News (User)

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais