A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Policial  ›  Mãe condenada por planejar assassinato da própria filha junto com genro ganha liberdade

Mãe condenada por planejar assassinato da própria filha junto com genro ganha liberdade

Publicado em: 8 jan 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

A filha de Célia, a comerciante Jéssica Caroline Ananias da Costa, de 22 anos, foi assassinada com 25 golpes de faca na madrugada de 9 de maio de 2013, em Apucarana.

Segundo a polícia, a mãe de Jéssica, Célia Forti, de 48 anos na época, participou do planejamento do crime que vitimou a filha junto com autor do homicídio, o próprio genro, o bacharel em Direito Bruno José da Costa, de 26 anos, com quem a sogra mantinha um relacionamento amoroso há quatro anos.

Célia e Bruno (sogra e genro) estariam planejando o assassinato desde o início de maio. “A Celia sabia de tudo”, disse Bruno à polícia.

Jéssica foi morta pelo marido dentro da própria residência do casal na Rua Nossa Senhora da Conceição, no Jardim Presidente Kenedy, no Bairro da Igrejinha, na zona sul de Apucarana.

Bruno teria informado a sogra que simularia um latrocínio (roubo com morte) para matar Jéssica. Na noite anterior ao assassinato, a filha do casal, de quatro anos, foi levada por Bruno para a atual casa da sogra, em Arapongas. A sogra negou tudo e afirmou que o genro a obrigava a manter o relacionamento com ela e agora “quer arrastá-la para a culpa, mas essa versão não se formalizou em provas.

Bruno José da Costa, o genro, continua preso.

Mais notícias na programação da Rádio Cultura AM 930

(Via Canal 38)

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.