A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Paraná  ›  Londrina: Escolas com aulas presenciais terão multas de até R$ 120 mil

Londrina: Escolas com aulas presenciais terão multas de até R$ 120 mil

Publicado em: 15 fev 2021

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

Por meio de um novo decreto municipal, o prefeito Marcelo Belinati (PP) determina multas e outras penalidades para escolas que não estão cumprindo a suspensão das aulas presenciais, determina atualmente até o dia 28 de fevereiro. O valor pode chegar até R$ 120 mil.

Caso a unidade de ensino não cumprir a suspensão, além da multa, poderá ter interdição do estabelecimento com suspensão total das atividades e cassação do Alvará de Licença para localização e funcionamento.

O valor fica estabelecido em R$ 30 por metro quadrado da área utilizada, limitando, no mínimo, em R$ 10 mil. Em caso de reincidência, as multas serão cobradas em dobro e será aplicada interdição. Mas dependendo da gravidade, essas penalidades poderão ser aplicadas já na primeira vez. A cassação do Alvará acontecerá em caso de nova reincidência ou retirada do aviso de interdição.

Polêmica
A retomada das aulas de forma presencial vem se arrastando desde o início deste ano. Foram vários protestos de representantes de escolas particulares solicitando o retorno no formato híbrido, ou seja, com parte dos alunos nas escolas e o restante com conteúdo remoto. A decisão de quem vai ou não seria dos pais.

Porém, o prefeito foi contra o decreto estadual que liberou as aulas em todo o Paraná e manteve, por meio de um decreto municipal, as aulas suspensas em Londrina. O próprio governador Ratinho Junior (PSD) afirmou que concorda com a decisão e respeita, pois em sua visão, cada prefeito tem autonomia da pandemia na localidade.

O Ministério Público ajuizou uma ação civil pública solicitando o retorno das aulas. Em primeira instância, juíza Isabele Papafanurakis Ferreira Noronha, deferiu o pedido do MP no dia 6, determinou o retorno presencial e diversas escolas retomaram as atividades recebendo alunos.

Mas a Prefeitura de Londrina recorreu ao Tribunal de Justiça de Curitiba para manter as escolas fechadas. A Justiça então autorizou ao município manter escolas públicas e particulares fechadas. A medida é válida para o ensino infantil, fundamental e médio. Ou seja, neste momento está proibida aula presencial.

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

(Via Tarobá News/ Foto: AEN)

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.