A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Brasil  ›  Homem armado invade sede da TV Globo e faz repórter refém

Homem armado invade sede da TV Globo e faz repórter refém

Publicado em: 11 jun 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

A sede do Jornalismo da TV Globo, no Jardim Botânico, Rio de Janeiro, foi palco de momentos de grande tensão na tarde desta quarta-feira (10 de junho). É que um homem armado com uma faca invadiu o local e fez uma repórter refém. Ele exigia falar com a apresentadora Renata Vasconcellos, do Jornal Nacional.

Segundo informações divulgadas pelo jornalista Léo Dias, no jornal Metrópoles, o suspeito teria pulado as catracas de acesso da TV Globo e feito a repórter Marina Araújo, que estava próxima do local, de refém. O homem também carregava uma bíblia e gritava que queria ver a apresentadora do Jornal Nacional.

O coronel Heitor Henrique Pereira, comandante do 23° batalhão da PM, negociou com o sequestrador. A apresentadora foi chamada e, assim que apareceu, o homem soltou a faca e liberou a refém.

Em nota, a TV Globo repudiou a ação, classificada como “obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política”. A emissora agradeceu à atuação da PM e das jornalistas. “Marina se comportou com coragem, serenidade e firmeza, sendo fundamental para o desfecho da situação. Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem”, diz o texto.

Confira a nota na íntegra:

Na tarde desta quarta-feira, um homem invadiu a sede da TV Globo, no Jardim Botânico, portando uma faca. Ele fez a repórter Marina Araújo refém. A segurança da Globo rapidamente agiu, isolou o local e chamou a PM. O comandante do 23° batalhão da corporação, coronel Heitor Henrique Pereira, compareceu à emissora e conduziu a negociação. O homem, que ameaçava a jornalista, liberou a repórter após alguns minutos.

Marina e todos os funcionários que estavam no local não se feriram e passam bem. A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos. Seguindo instruções do comandante Heitor, Renata compareceu ao local onde estava Marina e o invasor. Tão logo ele a viu, largou a faca e libertou Marina. Foi preso imediatamente.

A TV Globo agradece à PM, ao coronel Heitor e a todos os policiais, cuja condução foi exemplar. Marina se comportou com coragem, serenidade e firmeza, sendo fundamental para o desfecho da situação. Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem. As duas profissionais estão bem. E foram recebidas pelos colegas com carinho e emoção.

Fonte:Bem Paraná

Essas e outras informações na nossa programação Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.