A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Brasil  ›  Enquete sobre datas do Enem 2020 será entre 20 e 30 de junho; entre as três opções, duas preveem prova em 2021

Enquete sobre datas do Enem 2020 será entre 20 e 30 de junho; entre as três opções, duas preveem prova em 2021

Publicado em: 11 jun 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou em uma rede social nesta quarta-feira (10) que, entre os dias 20 e 30 de junho, o MEC irá abrir a enquete com os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a definição da nova data da avaliação. A informação foi confirmada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame.

Segundo Weintraub e o Inep, os candidatos poderão escolher três datas possíveis – entre elas, duas são para 2021, o que indica a possibilidade de a prova ficar para o ano que vem.

De acordo com o Inep, entre 20 e 30 de junho os inscritos deverão acessar a Página do Participante (enem.inep.gov.br), com CPF e senha utilizados no cadastro do portal único do governo federal, o gov.br, e indicar um dos períodos acima.

“A iniciativa é importante para dar oportunidade aos interessados de sugerirem o melhor período para a realização das provas e garantir transparência”, afirma o Inep, em nota.

Nesta edição, o Inep também fará provas em computadores para aqueles que escolheram esta opção no momento da inscrição. A medida faz parte de um projeto-piloto que pretende tornar o Enem totalmente digital até 2026.

A prova estava marcada inicialmente para novembro, mas foi suspensa devido à pandemia do novo coronavírus – com as escolas fechadas em todos os estados, havia receio de que os estudantes não conseguiriam se preparar a tempo.

A nota do Enem é usada como forma de acesso a diversas universidades públicas, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e também é aceita em algumas universidades privadas.

A suspensão da data do Enem ocorreu depois que o governo federal enfrentou questionamentos judicias cobrando o adiamento por causa dos efeitos da pandemia da Covid-19, que levaram escolas a suspender as aulas presenciais.

O debate sobre o adiamento da prova chegou ao Congresso: o Senado aprovou projeto que adiava o Enem, e o texto seguiu para avaliação da Câmara dos Deputados. Para não perder o embate político, o MEC suspendeu a data antes que o tema chegasse à Câmara.

Segundo o governo, 6,1 milhões de pessoas se inscreveram no Enem 2020. Destas, 4,8 milhões são de participantes que não precisaram pagar a taxa porque obtiveram isenção.

O Inep informa que já confirmou 5,7 milhões de inscritos – o prazo para pagamento da inscrição foi prorrogado e vence nesta quarta. Sem isso, a inscrição não é confirmada. Em 2019, o Inep registrou 6,38 milhões de inscritos no Enem daquele ano.

Fonte:G1

Essas e outras informações na nossa programação Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.