O Portal do Norte do Paraná
Brasil

Deputado Jean Wyllys anuncia que vai deixar o Brasil

Parlamentar cuspiu no rosto do presidente Jair Bolsonaro em 2016 durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff

 

Jean Wyllys, 44 anos, deputado federal por meio do PSOL, anunciou na quinta-feira (24) que vai abandonar o mandato e deixar o Brasil por não se sentir seguro aqui. O anúncio foi feito por meio da rede social Instagram, em que Jean Wyllys afirmou que a decisão foi motivada por supostas ameaças de morte.

O político passa férias fora do Brasil e diz que não pretende voltar, mas não revelou em que lugar está ou para onde irá se mudar. Ativista LGBT, o parlamentar é conhecido por discursos e atitudes polêmicas.

Um episódio de grande repercussão foi quando ele cuspiu na cara do presidente Jair Bolsonaro (PSL) – que na época era deputado federal – durante a votação do processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff, em 2016. O deputado federal disse à imprensa que não se arrependia do ato e faria de novo. Ele foi punido pelo Conselho de Ética da Câmara com uma censura escrita.

Jean Wyllys é professor universitário e jornalista. Ele chegou ao Rio de Janeiro em 2005 e ficou nacionalmente conhecido por vencer a 5ª edição do reality show Big Brother Brasil, na Rede Globo.

O parlamentar foi eleito deputado federal pela primeira vez em 2010, com 13 mil votos. Em 2014, se reelegeu para o segundo mandato com 144 mil votos. Jean Wyllys foi eleito mais uma vez em 2018, com 24 mil votos e tomaria posse no dia 1º de fevereiro.

Quem assume o cargo na Câmara dos Deputados é o suplente David Miranda (PSOL), do Rio de Janeiro.

Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

 

Outras informações na programação da Rádio Cultura AM 930

Postagens relacionadas

Abono salarial PIS/Pasep: Caixa libera consultas de valores pelo Caixa Tem

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 2,5 milhões

Aneel mantém bandeira tarifária verde para março

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais