O Portal do Norte do Paraná
Região

Viação Garcia recebe doação de terreno da prefeitura para nova sede em Londrina

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, sancionou na última quarta-feira (6), a lei que autoriza a doação de terreno do Município para o Grupo Garcia/Brasil Sul. O lote com 100.200,22 metros quadrados de área total fica no prolongamento da Rua Ernesta Galvani dos Santos, região leste. No local, o grupo fará a transferência e expansão de sede, garagem e atividades das empresas Viação Garcia e Brasil Sul Linhas Rodoviárias, com investimentos previstos em cerca de R$ 40 milhões.

A sanção da lei municipal nº 12.944 desafeta o terreno, avaliado em R$ 6.268.000,00, e autoriza o Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL) a realizar a doação para empresa pertencente ao Grupo Garcia/Brasil Sul, a BR Sul Gestora de Bens, Viagens e Turismo LTDA.

Atualmente, a sede do Grupo Garcia/Brasil Sul, uma das cinco maiores empresas do setor no Brasil, está localizada na Avenida Celso Garcia Cid, 1.100. Sua fundação ocorreu em 1934, assim como o Município de Londrina. Hoje, o grupo gera cerca de 2.261 empregos diretos. Destes, 1.036 vagas são em Londrina, sendo que 573 colaboradores têm idade acima de 40 anos. E, por mês, o Grupo Garcia/Brasil Sul recolhe uma média de oito milhões de reais em impostos como ISS, IPVA e ICMS, que trazem receitas ao Município.

Mediante a doação do terreno pela Prefeitura, a empresa planeja transferir e expandir sua sede e garagem, com a construção de imóvel com aproximadamente 16 mil metros quadrados. O local irá abrigar ainda as demais atividades das empresas coligadas ao grupo. A legislação prevê que as obras devem iniciar em até 12 meses, e ser concluída no prazo máximo de 36 meses, contados a partir da liberação da área para construção.

A Brasil Sul Linhas Rodoviárias e a Viação Garcia também deverão manter, no mínimo, 900 empregos diretos em Londrina, no período de 10 anos a contar da expedição do alvará de licença. Com a expansão das atividades, a previsão é que o faturamento anual do grupo chegue a, aproximadamente, R$528 milhões.

Via N.com

Outras notícias na programação da Rádio Cultura AM 930

Postagens relacionadas

Padre Francisco Proske, de Arapongas, faleceu hoje (12)

Rolândia: Cadastros de motocicletas reprovados pela Viapar poderão ser corrigidos

Prefeitura alerta condutores sobre o funcionamento de novos radares em Londrina

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais