O Portal do Norte do Paraná
Região

Simepar vai avaliar 461 barragens no Paraná; três são de minérios

O Governo do Paraná divulgou na tarde desta segunda-feira (28) que irá avaliar as condições das 461 barragens existentes no estado. A gestão do plano de averiguação será feita a partir de um contrato de gestão com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar). O orgão foi escolhido para auxiliar no processo pois tem desenvolvido atividades nas áreas de meteorologia, hidrologia e meio ambiente.

No caso das barragens de rejeitos, com atividades semelhantes à mineradora que causou o desastre em Brumadinho, em Minas Gerais, o Paraná possui três mineradoras: em Figueira, Adrianópolis e Campo Magro, as duas últimas pertencentes à região metropolitana de Curitiba. Ao todo, as barragens localizadas no Paraná são predominantemente para uso de irrigação, abastecimento de água, geração de energia, proteção de meio ambiente e recreação.

Os outros órgãos responsáveis pela manutenção das barragens no Paraná são: o IAP (que emite o licenciamento para atuação das atividades e a fiscalização da mesma); o Instituto de Águas do Paraná (que disponibiliza a outorga de uso da água e fiscaliza as barragens de atividades como de abastecimento, acquicultura, irrigação e outras); a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que fiscaliza barragens para fins de geração hidrelétrica; e a Agência Nacional de Mineração (ANM), responsável pela fiscalização de barragens de rejeitos de atividade de mineração.

 

(Via Banda B)

Postagens relacionadas

UEL abre prazo para pedido de isenção da taxa do Vestibular 2020

Morre ex-presidente da antiga Corol Eliseu de Paula

Defesa Civil faz levantamento de temporal em Rolândia

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais