O Portal do Norte do Paraná
Região

“Pé vermelho” é o termo que mais representa Londrina, aponta pesquisa

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul) divulgou os resultados da pesquisa que realizou com o objetivo de obter dados sobre a percepção da população em relação aos pontos fortes de Londrina. Promovido em comemoração ao aniversário de 30 anos do órgão municipal, o levantamento foi conduzido através de um questionário on-line, que pôde ser acessado entre 23 de fevereiro e 8 de março. Para ajudar a divulgar a iniciativa, o Instituto produziu um vídeo, que foi publicado em seu canal do YouTube.

O presidente do Ippul, Tadeu Felismino, afirmou que os dados obtidos através da pesquisa vão embasar alguns dos projetos que o órgão está desenvolvendo. “Uma dessas ações, a pedido do prefeito, é a elaboração de totens que pretendemos colocar nas principais entradas da cidade. E faremos outros projetos, inclusive com as informações do Fórum Desenvolve Londrina, que tem realizado, anualmente, um importante trabalho de atualização da autoimagem do londrinense e da cidade de Londrina”, disse.

Resultados

No total, 635 indivíduos responderam ao questionário, que consistiu em quatro questões objetivas e duas questões abertas, e abordou as impressões da comunidade sobre as áreas social, econômica e ambiental. Pessoas de todas as regiões da cidade participaram do levantamento.

De acordo com 279 cidadãos, o termo “pé vermelho” é o que melhor representa a identidade da cidade, seguido de perto por “Pequena Londres”, que foi escolhida por 236 participantes. Através de uma questão aberta em que os participantes puderam inserir suas próprias respostas, foi constatado que as palavras mais associadas a Londrina são “acolhedora”, “polo universitário”, “inovação” e “empreendedora”, entre outros termos citados.

Para a maioria das pessoas que responderam ao questionário (51%), Londrina é uma cidade com boa recepção e acolhimento, e 34% consideram que o município é muito acolhedor e os visitantes e migrantes/imigrantes se impressionam com isso.

Outros temas

No que se refere à área de ciência e tecnologia, 47% dos respondentes consideram que o município busca novas possibilidades em inovação e tecnologia, enquanto 15% acreditam que a cidade é muito inovadora e tem buscado um grande destaque neste tema. Já para 27% da população consultada, Londrina ainda oferece pouca inovação.

A maioria dos consultados acredita que o município conta com boas riquezas ambientais (46%) ou tem muitas riquezas ambientais e os visitantes se impressionam com isso (15%). Porém, 25% dos participantes consideram que a cidade oferece poucas opções ambientais e 14% entendem que Londrina não é uma cidade que se preocupa com as riquezas ambientais.

Nesta última seção, as pessoas que acessaram o questionário tiveram a oportunidade de responder a uma questão aberta, em que eram convidados a citar os principais aspectos relativos à identidade e qualidades da cidade. As palavras mais mencionadas foram “riqueza ambiental”, “riqueza histórico-cultural”, “economia”, “tecnologia”, “centro esportivo” e “turismo rural”.

Via: Portal Tem Londrina

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

 

Postagens relacionadas

Preço médio da gasolina vai a R$ 4,12 em Londrina

Shoppings e galerias abrem a partir desta sexta-feira em Londrina

Entidades pedem rapidez dos vereadores em análise de projeto da Sercomtel

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais