O Portal do Norte do Paraná
Brasil

Mãe de Dani Alves acusa advogados de defesa de a barrarem de julgamento

O julgamento de Daniel Alves, em Barcelona, na Espanha, que começou nesta segunda-feira (5/2), não tem sido nada fácil nem para ele, e nem para a mãe, dona Lúcia. Ela saiu do Brasil com sua advogada Graciele Queiroz com o objetivo de acompanhar a audiência do filho. No entanto, elas afirmam terem sido barradas pela própria equipe de defesa. Ele é acusado de ter estuprado uma mulher em uma boate.

Em vídeo enviado para o portal LeoDias, dona Lúcia e a advogada explicam que chegaram no último domingo (4/2) para acompanhar o julgamento, e que as advogadas do jogador barraram a entrada delas na sala. Indignada, a mãe dele desabafou: “Sem palavras pra expressar meu sentimento de abandono, despreza pelas próprias advogadas do meu filho que me ignoraram e pediu pra eu não participar da audiência.”

 A acusação está pedindo 12 anos de prisão, mas a promotoria pede 9 anos e outros 10 em liberdade condicional, além de 150 mil euros de indenização. Com mais de um ano após o caso, o jogador já trocou de versão cinco vezes, alegou estar bêbado e ainda tenta anular o julgamento.

Fonte: Leo Dias

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO COBRA FM 107.1

Postagens relacionadas

Comitê recomenda elevar de R$ 9,49 para R$ 14,20 valor da taxa extra da conta de luz

Janeiro terá bandeira tarifária verde na energia elétrica, diz Aneel

Cobra News (User)

Auxílio Emergencial 2021: Caixa paga 1ª parcela a nascidos em fevereiro; veja calendários

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais