O Portal do Norte do Paraná
ParanáPolicial

Filho agride mãe após ela o acordar ao meio dia e desligar o ventilador

Um homem de 29 anos foi preso na tarde desta quarta-feira (6) em Umuarama, acusado de ter agredido a própria mãe, de 53 anos. O caso aconteceu na residência onde eles moram, na avenida Gralha Azul, nas proximidades do Batalhão da Polícia Militar.

Segundo a Soldado Gonzales, a equipe da PM foi solicitada para comparecer ao endereço onde a mãe estaria sendo agredida pelo filho. Quando os policiais chegaram, a vítima estava aos gritos pedindo socorro. O portão estava trancado e o filho não permitiu a entrada da equipe. Depois a mãe conseguiu pegar a chave e os policiais entraram.

“Ela estava desesperada, tremendo, gritando, chorando e o filho estava bastante nervoso. A vítima relatou que foi agredida fisicamente, que o filho pegou ela pelo pescoço. Além disso, a mãe informou que ele quebrou panelas e utensílios domésticos e a ofendeu com palavrões”, relatou Gonzales.

Conforme a policial, o agressor alega que a mãe o acordou ao meio dia e desligou o ventilador, por isso teria ficado nervoso. “Segunda a mãe, ele é usuário de droga e em diversas vezes apresenta este tipo de nervosismo”, acrescentou.

O acusado estaria há um mês morando com a mãe. Antes disso ele já saiu e voltou de casa em várias oportunidades.

A vítima, que terá sua identidade omitida por questão de segurança. Ela relatou que o filho faz ameaças e a atinge psicologicamente com frequência. Nesta ocasião ele também teria dado um tapa no rosto da genitora e quebrado uma janela, a panela de pressão, uma caneca, entre outros objetos da casa.

A mãe disse que o filho estava morando em um apartamento e seria despejado por não estar adequado às normas do condomínio. Com dó, o chamou para residir novamente com ela. Porém, desde então estaria sofrendo com a agressividade dele.

Agora, a mulher segue com medo caso o filho seja solto. “Não sei se ele vai ficar preso ou não, mas tenho medo se ele sair e querer me agredir de novo”, relatou.

O detido deve ser enquadrado na Lei Maria da Penha. Seu nome não foi divulgado. Ele conta com uma passagem na cadeia como usuário de drogas.

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930.

(Via OBemdito)

Postagens relacionadas

Com investimento de R$ 10,1 milhões, Polícia Civil inaugura Delegacia Cidadã em Londrina

Cobra News (User)

Estado do Paraná é condenado a pagar R$ 10 mil de indenização para adolescente que foi agredida em colégio por outros estudantes

Tragédia: Identificadas vítimas fatais do acidente na PR-445

Cobra News (User)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais