O Portal do Norte do Paraná
Brasil

Chuvas no RS: equipes correm com resgates para aproveitar trégua antes de o tempo virar

A principal preocupação das equipes de socorro é aproveitar a trégua nas chuvas para resgatar vítimas que ficaram isoladas por conta dos alagamentos que atingiram 341 municípios de um total de 497 no Rio Grande do Sul. O número de mortes no estado chegou a 78. Pelo menos 105 pessoas ainda estão desaparecidas.

O volume das águas diminuiu na maior parte das cidades do interior. Em Lajeado, foi possível observar os estragos provocados pela cheia do Taquari, que praticamente consumiu a rodovia Governador Leonel de Moura Brizola (Br-386), que liga Lajeado ao município de Estrela.

O Comando Militar do Sul (CMS) informou que a previsão meteorológica é de uma janela de bom tempo em maior parte do Estado entre este domingo (5) e a próxima terça-feira (7), o que é considerado uma “boa notícia”.

Um bebê e uma mulher grávida de gêmeos foram resgatados de helicóptero por militares da Marinha na manhã deste domingo (5).

Segundo militares em entrevista coletiva em Porto Alegre, deve haver chuvas nesta segunda (6) apenas no extremo sul do Rio Grande do Sul.

Guaíba na casa de 5,30 metros
O lago Guaíba chegou a atingir 5,31 metros neste domingo (5), níveis recordes na história de Porto Alegre. A marca anterior era de 4,76 metros, ocorrida em 1941. A prefeitura emitiu alerta para inundações catastróficas na capital.

Segundo a prefeitura, são 60 vias totalmente bloqueadas em Porto Alegre, e 13 com bloqueios parciais. Diversas placas de carros que se perderam com os alagamentos foram recolhidas.

Com informações:CNN

MAIS INFORMAÇÕES NA RÁDIO FM 107.1

Postagens relacionadas

Justificativa de quem não votou deve ser feita até 9 de janeiro

Caminhoneiros ameaçam entrar em greve caso governo não reveja política de reajuste do diesel

Jair Bolsonaro assina decreto que põe fim ao horário de verão

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais