A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Paraná  ›  Veja imagens da confusão após manifestações em Curitiba

Veja imagens da confusão após manifestações em Curitiba

Publicado em: 2 jun 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

Manifestantes tomaram as ruas de Curitiba na noite de ontem (1) para protestar contra o racismo. O que era para ser um processo pacífico, se tornou uma confusão com vandalismo e depredação do patrimônio público – a bandeira do Brasil hasteada a meio-mastro na frente da sede do Governo do Estado foi arrancada e queimada.

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 1.200 pessoas participaram das manifestações e cerca de 200 policiais interviram no ato. Um PM teve lesões leves no braço após receber pedradas contra seu escudo. Oito pessoas foram presas e muitas outras foram identificadas em imagens registradas por câmeras de segurança.

Nota da organização

Em nota, a organização do ato contra o racismo afirma que a manifestação foi feita de maneira ordeira e que o vandalismo foi de autoria de infiltrados que desejam a criminalização do movimento. Leia a nota na íntegra:

“A organização do ato CONTRA O RACISMO EM CURITIBA vem a público manifestar que, diferentemente do vinculado nas redes sociais e na imprensa, os manifestantes, além de utilizar proteção para evitar a propoagação da epidemia de COVID-19, comportaram-se de maneira ordeira, em defesa da democracia e contra o racismo!

O ato foi um sucesso. Reuniu muitas pessoas, teve uma atmosfera esperançosa por dias melhores.

Nossa luta é por igualdade, contra o racismo, a violência contra jovens negros nas periferias, a proliferação de grupos que propagam o ódio e o genocidio de brasileiros promovido pela falta de uma política clara de saúde durante esta pandemia.

Infelizmente, no final do ato, em uma dispersão de alguns poucos, houve vandalismo contra o patrimônio público. O que, ao nosso ver, é muito estranho e suspeito e representa a presença organizada de infiltrados que desejam a criminalização do movimento.

O uso de força excessiva por parte da polícia demonstra também a incapacidade de diálogo e a opção pela agressão.

Conclamamos a união de curitibanos de forma individual ou através dos movimentos sociais para a defesa da democracia contra o racismo.

Assinam esta nota

Movimento Feminista de Mulheres Negras, Bando Cultural Favelados da Rocinha FAVELA, União da Comunidade dos Estudantes e Profissionais Haitianos ( UCEPH), J23 – Juventude do Cidadania, Rede nenhuma Vida a Menos, Apoio do Grupo Dignidade e da Aliança Nacional LGBTI+ e Coletivo Enedina da UTFPR”

Veja imagens:

 

 

 

 

 

Mais notícias na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.