A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Paraná  ›  Vacinação contra Covid-19 deve começar em março no Paraná, diz Ratinho Junior

Vacinação contra Covid-19 deve começar em março no Paraná, diz Ratinho Junior

Publicado em: 11 dez 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

O governador do Estado, Ratinho Junior, afirmou que a vacina contra a Covid-19, deve estar disponível para os paranaenses a partir de março do próximo ano. Ele participou de uma entrevista nesta manhã de sexta-feira, 11 de dezembro, no Palácio Iguaçu, acompanhado do secretário de Saúde do Estado, Beto Preto, que detalhou o plano de vacinação no estado.

O governador Ratinho Junior ressaltou que a vacina representa uma esperança, mas que ainda vai demorar uns quatro meses. “Então é importante manter as três regras básicas de saúde que é de lavar as mãos, com o uso do álcool gel, máscara”, afirmou. “E pedimos a colaboração de nossos jovens em não se aglomerar neste final de ano, evitar os churrascos e as festas de fim de ano”, afirmou Ratinho Junior.

Segundo o governador, a data exata ainda depende das negociações que estão em andamento entre o governo federal e os laboratórios das vacinas, e as liberações da Anvisa para aplicação dos imunizantes.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, prevê que a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca tenha o registro aprovado pela Anvisa no fim de fevereiro.

Levando em consideração o uso emergencial das vacinas para profissionais de saúde, o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, disse que estes trabalhadores no Paraná podem ser vacinados mais cedo, ainda no começo de fevereiro.  São cerca de 250 mil profissionais de área de saúde, os idosos com mais de 80 anos e os que estão em asilos. “Nós vamos seguir as normas do Ministério da Saúde, que prevê que o início do cronograma de vacinação para o final de janeiro começo de fevereiro”, disse.  O Paraná tem 1.850 salas de vacina distribuídas nos municípios do Estado.

Ratinho Junior afirmou que o plano estadual prevê a compra de câmaras frias para armazenamento das doses com recursos que devem ser repassados pelo Ministério da Saúde e a licitação está prevista para acontecer até março.

O estado precisa destes equipamentos porque o imunizante produzido pelos laboratórios Pfizer e BioNTech, por exemplo, que começou a ser aplicado no Reino Unido, precisam ficar a -70º. Já a Coronavac, do laboratório chinês Sinovac, tem que ser mantida entre 2º e 8º.

Segundo o plano estadual, há cerca de 50 câmaras frias previstas para serem entregues no estado nas próximas semanas, e freezers e equipamentos de ar condicionado já foram adquiridos. Até fevereiro, o governo estadual prevê a aquisição de outras 110 câmaras frias para 98 municípios com até 100 mil habitantes.

Com informações:Bem Paraná

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.