A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Paraná  ›  Se doses chegarem, Paraná pode antecipar fim da vacinação, que seria em 30 de setembro

Se doses chegarem, Paraná pode antecipar fim da vacinação, que seria em 30 de setembro

Publicado em: 14 jul 2021

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

Com uma maior disponibilidade de vacinas, o Paraná conseguiu nos últimos dois meses acelerar o ritmo da vacinação contra a Covid-19. Em julho, ao longo de 13 dias, o estado já aplicou 921.064 doses do imunizante, ao passo que em junho haviam sido 2.134.842 aplicações, recorde para um único mês no estado desde o início do programa de imunização, no final de janeiro. Com esses dados positivos, é possível até mesmo que a meta de vacinação da população acima de 18 anos seja antecipada.

Por ora, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa-PR) prevê que até o dia 30 de setembro toda a população maior de idade no Paraná estará imunizada, mesmo que parcialmente (ou seja, com a aplicação de ao menos uma dose da vacina contra o coronavírus). Isso representaria um contingente de aproximadamente 8,39 milhões de pessoas vacinadas contra a doença pandêmica até o final do terceiro trimestre de 2021.

Até ontem, 4.923.766 paranaenses haviam tomado pelo menos uma dose do imunizante, o equivalente a 58,66% da população acima de 18 anos no estado. Para que a meta da Sesa seja atingida, no entanto, o estado terá de vacinar, nos próximos 78 dias, 3,47 milhões de pessoas, com uma média de 44.487 vacinas (1ª dose) aplicadas diariamente.

Desde o início do programa de imunização, em janeiro, uma média de 28.627 paranaenses foram vacinados contra a Covid-19 diariamente. Nos últimos meses, porém, o estado conseguiu acelerar consideravelmente o ritmo da vacinação. Em junho, por exemplo, foram aplicadas, a cada dia, 64.383 primeiras doses do imunizante por dia, enquanto em julho essa média estava, até ontem, em 49.092 (uma diferença que se explica também pelo aumento, de um mês para o outro, no número de segundas doses aplicadas, que passaram de 6.778/dia em junho para 21.759 em julho).

Mantendo o ritmo recente da vacinação, portanto, o estado conseguiria não só atingir a meta proposta, mas até mesmo imunizar toda a população antes do prazo estipulado.

Curitiba fecha todos os pontos de vacinação por falta de imunizantes

Mesmo com a aceleração no ritmo da vacinação, ainda há gargalos a serem resolvidos. Em junho, por exemplo, o Paraná recebeu menos doses (1.944.410) do que em maio (2.193.860). Além disso, a falta de imunizantes tem obrigado os municípios a suspenderem a vacinação em alguns momentos.

É o que Curitiba precisou fazer, por exemplo, ontem, e o que precisará fazer ainda hoje. Com quase todas as vacinas da última remessa já aplicadas, a capital paranaense está sem imunizantes para primeira dose e não realizou e não realizará atendimento nos pontos de vacinação contra a Covid-19. Em seis meses de campanha de imunização, é a primeira vez que o município fecha todos os pontos durante a semana por falta de imunizantes, tendo de aguardar a chegada de novas doses para seguir avançando na vacinação por idade.

Caso a cidade não receba nova remessa de imunizantes para primeira aplicação, os pontos de vacinação só poderão voltar a abrir amanhã e sexta-feira para a aplicação de segunda dose, conforme calendário já divulgado. Nesses dois dias serão vacinadas pessoas de 65 anos que receberam a primeira da Astrazeneca entre os dias 17 e 23 de abril, e também algumas com 54 e 53 anos, professores e outros que receberam Coronavac entre 15 e 19 de junho.

A evolução do ritmo da vacinação contra a Covid-19 no Paraná

Julho*
Aplicação 1ª dose: 638.194
Aplicação 2ª dose: 282.870
Total de doses aplicadas: 921.064
Doses recebidas: 1.130.510

Junho
Aplicação 1ª dose: 1.931.488
Aplicação 2ª dose: 203.354
Total de doses aplicadas: 2.134.842
Doses recebidas: 1.944.410

Maio
Aplicação 1ª dose: 610.024
Aplicação 2ª dose: 154.237
Total de doses aplicadas: 764.261
Doses recebidas: 2.193.860

Abril
Aplicação 1ª dose: 765.471
Aplicação 2ª dose: 758.660
Total de doses aplicadas: 1.524.131
Doses recebidas: 1.336.040

Março
Aplicação 1ª dose: 680.978
Aplicação 2ª dose: 133.015
Total de doses aplicadas: 813.993
Doses recebidas: 1.021.650

Janeiro/fevereiro
Aplicação 1ª dose: 297.611
Aplicação 2ª dose: 98.438
Total de doses aplicadas: 396.049
Doses recebidas: 706.200

* Dados até 13 de julho; fonte: Levantamento do Bem Paraná com base nas informações divulgadas nos informes epidemiológicos da Sesa-PR

Variante delta

Três municípios paranaenses dos quatro que confirmaram casos da variante delta foram visitados pelas equipes do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde (EpiSus), do Ministério da Saúde, ontem. As informações sobre os municípios não foram divulgadas para preservar o andamento do trabalho de campo e continuidade do inquérito epidemiológico.

O trabalho de investigação começou no sábado, por um pedido da Secretaria de Estado da Saúde, para avaliar o nível de transmissão da variante delta e possíveis desdobramentos em outras localidades.

Até o momento, o Paraná tem sete casos confirmados da variante delta do coronavírus. As equipes do EpiSUS ainda não têm data definida para o fim da investigação no Paraná, o tempo médio de uma pesquisa deste porte é de 20 dias, podendo variar conforme a coleta de informações.

Com informações:Bem Paraná

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.