A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Comunidade  ›  População de Rolândia denuncia descarte irregular de lixo em terrenos vazios

População de Rolândia denuncia descarte irregular de lixo em terrenos vazios

Publicado em: 5 jan 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

Nossa equipe de reportagem recebeu denúncias de que havia amontoados de lixo em terrenos vazios nos conjuntos Tomie Nagatani e Perazolo, em Rolândia. Nossa equipe foi até os locais apontados para averiguar a situação. Como é possível ver nas imagens, há muito lixo descartado irregularmente.

 

 

O vereador suplente Paulo Sérgio de Jesus, o Ratolino (Avante), relata que fez solicitações para que a prefeitura realize a limpeza desses terrenos. Mas ele ressalta que é preciso conscientização por parte dos moradores para que descartem o lixo da forma correta.

O descarte irregular de lixo, problema comum nas cidades da região, causa impactos ambientais, pois podem servir de abrigo para animais venenosos e que podem transmitir doenças como aranhas, baratas, escorpiões, ratos e cobras.

Além disso, alguns objetos podem acumular água, se tornando possíveis criadouros para o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.

Notificações

A prefeitura municipal está fazendo a entrega dos carnês de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e informando aos moradores que os proprietários de terrenos vazios façam a limpeza e capina de seus terrenos.

Eles serão notificados via Diário Oficial e terão um prazo de 10 dias para realizar a limpeza. Caso não seja feita, a prefeitura irá realizar o serviço e cobrar multa.

Denúncias

Qualquer cidadão pode denunciar, de forma anônima, o descarte de lixo em locais impróprios. A denúncia deve ser feita entrando com contato com a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, ppr telefone (43) 3156 0333, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h.

Quem for flagrado descartando lixo de forma irregular em áreas urbana ou rural recebe multa proporcional à infração, que varia entre R$ 379,50 e R$ 1.519,40, de acordo com os valores da Unidade Financeira Municipal (UFM).

A aplicação das medidas punitivas está embasada nos artigos 115 a 119 do Código de Posturas da Legislação Municipal.

Por Daiane Valentin

Fotos: Ratolino

Outras notícias na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.