O Portal do Norte do Paraná
Política

Paulo Guedes vai a Davos e teme repercussão da fala de Alvim

Após o discurso de inspiração nazista do agora ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim, a equipe econômica começou a temer a repercussão internacional de repúdio sobre tal pronunciamento.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, desembarca em Davos para participar do Fórum Econômico Internacional com a missão de “vender” o Brasil como melhor destino para investimentos. Porém, a agenda já se mostrava desafiadora por si só por conta do aumento do desmatamento da Amazônia, e tende a ficar ainda mais complicada após o discurso de Alvim.

Em sua coluna no jornal O Estado de São Paulo, a jornalista Adriana Fernandes ressalta que a estratégia de Guedes no evento é de atrair capital externo, não especulativo, para o financiamento de projetos brasileiros, principalmente no segmento de infraestrutura. A reunião deste ano acontecerá entre os dias 21 e 24 deste mês.

Guedes será a principal autoridade brasileira no evento, uma vez que o presidente Jair Bolsonaro cancelou sua ida ao Fórum. O ministro também pretende reforçar sua agenda de viagens internacionais nos próximos meses, o que não aconteceu no ano passado.

Fonte: Jornal GGN

Foto: Gustavo Raniere/Ascom/Ministério da Economia

Mais notícias na programação da Rádio Cultura AM 930

Postagens relacionadas

Cambé altera legislação para atuar com mais rigor contra imóveis com mato alto e entulho

Cobra News (User)

TRE-PR divulga Balanço das Eleições 2020 no Estado

Propaganda eleitoral gratuita no rádio e TV começa na próxima sexta-feira (9)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais