A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Região  ›  Média de idade dos contaminados pela covid-19 em Cambé é de 42,4 anos

Média de idade dos contaminados pela covid-19 em Cambé é de 42,4 anos

Publicado em: 4 jun 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

A idade média dos pacientes contaminados pela covid-19 em Cambé é de 42,4 anos, segundo informações do departamento de Vigilância Epidemiológica do município. Até terça-feira (2), quando foi divulgada a informação, o Comitê de Crise Covid-19 da prefeitura registrou que dos 48 casos confirmados na cidade, 26 são pessoas com 40 anos ou menos.

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Kécia Costa, a principal hipótese de essa faixa etária ser baixa é devido à parcela mais economicamente ativa da população se enquadrar nessa lacuna. “O pessoal dessa idade ainda trabalha e circula pela cidade”, explica. Kécia ainda pontua que espera que os casos não cheguem aos idosos, pois estão em um dos principais grupos de risco por possíveis complicações da doença.

Testes

A coordenadora explica que 196 testes já foram feitos no município e 20 são disponibilizados a cada semana . “A 17ª Regional de Saúde prevê nas próximas semanas a chegada de mais testes, mas sem data definida”, esclarece.

Segundo ela, quanto mais testes forem feitos, melhor. “Com mais testes podemos ter uma melhor previsão do cenário epidemiológico e planejar melhor os recursos”. A coordenadora acredita que uma maior testagem possa até diminuir indiretamente a curva de contágio, pois ao passo que o número de casos vá subir momentaneamente, com o isolamento adequado as possíveis contaminações futuras serão barradas.

Segundo o último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), publicado ontem (3), Cambé chegou a 49 confirmações da doença, com 9 pacientes recuperados, 1 óbito e outras 9 suspeitas em investigação.

Curva de contágio

Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) uma pessoa pode contaminar até 5,6 pessoas e, sem quarentena, esse número pode triplicar. Para a coordenadora, o aumento dos casos já era esperado na cidade, visto que o pico da curva de contágio é estimado entre os meses de junho e julho, além disso, o surto que ocorreu nos hospitais de Londrina pode ter influenciado no aumento dos casos na cidade, já que Londrina e Cambé são cidades geograficamente muito próximas.

Uma das principais medidas a serem tomadas nos próximos dias é o aumento da fiscalização. “Nós vamos intensificar as ações de vigilância e fiscalização dos pontos estabelecidos no último decreto municipal”, conclui.

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930 e da Rádio Cidade AM 770

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.