A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Policial  ›  Londrina: Polícia conclui inquérito sobre mulher que foi algemada e esfaqueada

Londrina: Polícia conclui inquérito sobre mulher que foi algemada e esfaqueada

Publicado em: 26 jan 2021

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

A Polícia Civil concluiu o inquérito na última sexta-feira (22) sobre o caso de uma mulher que foi algemada e torturada enquanto recebia golpes de faca em uma casa no conjunto Milton Gavetti, na zona norte de Londrina, no dia 14 deste mês. O agressor, de 24 anos, foi preso em flagrante pouco tempo depois do crime e continua detido presentemente, ou seja, por tempo indeterminado.

A delegada da mulher, Carla Gomes de Mello, indiciou o jovem por homicídio tentado com quatro qualificadores. Ela considerou o motivo torpe, condição da vítima ser mulher que pode culminar em feminícidio, o fato de impedir a defesa da vítima ao usar algemas e tortura.

A vítima, de 36 anos, ficou internada por uma semana sedada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa. Ela continua hospitalizada, mas segundo a assessoria da unidade de saúde, está consciente se recuperando em um leito de enfermaria.

A delegada conseguiu ouvir a versão da mulher rapidamente. O jovem preferiu permanecer em silêncio durante interrogatório na delegacia, alegando apenas que conhecia a vítima, que segundo sua versão, seria garota de programa. A Polícia Civil não conseguiu confirmar essa informação.

Ambos se conheciam, mas não havia relacionamento amoroso. “A gente não conseguiu concluir a motivação do fato. Tivemos dez dias para concluir o inquérito, mas conseguimos visualizar uma vingança tanto pela palavra da vítima, que conseguimos ouvir muito rapidamente, tanto pelas testemunhas que foram ouvidas. O motivo dele estar se vingando está sendo apurado”, explicou a delegada.

O crime

A Polícia Militar utilizou o termo retalhado, para classificar o número de ferimentos no corpo dela. Os cômodos da residência na rua Stefan Marotti ficaram com sangue espalhado por toda parte. Ela foi socorrida pelo Siate com apoio da equipe médica do Samu, por volta das 14h, do dia 14. Pouco tempo depois, a PM conseguiu prender o agressor. A arma utilizada no crime foi encontrada em suas partes íntimas.

Com informações:Tarobá News

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.