A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Policial  ›  Londrina: Ginecologista denuncia golpe nas redes sociais

Londrina: Ginecologista denuncia golpe nas redes sociais

Publicado em: 9 jul 2022

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

O golpe começou pelo Instagram. O perfil com o nome de Patrícia tem mais de 26 mil seguidores e começou conversar com o médico ginecologista londrinense há seis semanas. No começo, ele não deu muita importância.

“A mulher me chamou pelo Instagram, começou a conversar e de vez em quando mandava mensagem. Respondi uma vez, porque ela dizia que era uma futura médica, e esta semana ela passou a insistir mais e a enviar nuds e vídeos dela com outras pessoas”, afirma o médico.

O papo continuou no WhatsApp e logo depois começaram ameaças pedindo por dinheiro. Vídeos do médico foram encaminhados para familiares dele e a mulher assumiu que era um golpe.

“Hoje de manhã um número do Rio Grande do Sul me ligou dizendo que se eu não pagasse R$ 48 mil, eles iriam divulgar um material meu nas redes sociais dizendo que eu era um pedófilo e que a menina do perfil era menor de idade”.

Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia. O profissional homem tem a consciência limpa que não cometeu crime, mas além do constrangimento com a família tem medo que a imagem dele como profissional seja prejudicada  na internet.

“Isso mexe com a imagem, nosso nome e reputação. Não tenho medo qualquer problema jurídico, mas tenho um nome e mandaram algumas coisas para minha filha e para minha irmã e quando você pega algo foram do contexto, isso pode acabar com a vida de uma pessoa”, afirma o médico.

Na delegacia, o médico foi orientado para não pagar os valores solicitados pela quadrilha. Um inquérito foi aberto para apurar quem são os golpistas, mas a dificuldade de encontrar o grupo é muito grande. Por isso, o ideal é cortar contato imediatamente.

“Eles são profissionais do crime. Se você quiser mandar o boletim de ocorrência e dizer que não vai pagar nada, mas eles vão ficar tentando mexer com o seu psicológico”, alerta a vítima.

O ginecologista continua vivendo uma angústia com medo que as imagens sejam divulgadas e agora vai redobrar os cuidados com o uso das redes sociais.

“Eles sabem como explorar tudo isso. Tanto que o perfil dizia que era de uma futura médica e isso me chamou a atenção, mas a quadrilha é profissional”, finaliza.

Essas e outras informações na programação da Rádio FM 107.1

Via Tarobá News

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.