A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Policial  ›  Homem que matou ex-sogros em Curitiba manda áudio para a polícia confessando crime: ‘Fui consciente em tudo que fiz’

Homem que matou ex-sogros em Curitiba manda áudio para a polícia confessando crime: ‘Fui consciente em tudo que fiz’

Publicado em: 29 out 2021

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

Um homem suspeito de matar os ex-sogros nesta quinta-feira (28), no Bairro Alto, em Curitiba, mandou um áudio para a Polícia Civil confessando o crime e falando que não vai se entregar. Sérgio Luiz Baduy ainda não foi localizado.

A polícia informou que rastreou o sinal de celular do suspeito e descobriu que Baduy passou de carro por um estado vizinho. Esse local não foi divulgado para não atrapalhar as investigações.

Logo após o crime, conforme a investigação, Baduy enviou outro áudio a um amigo em que pediu que a ex-mulher fosse avisada sobre os assassinatos: “Liga para ela e fala para ir até a casa dos pais com a polícia. Só isso que eu tenho a dizer”.

Segundo a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a filha foi até a casa dos pais após a mensagem do suspeito e os chamou várias vezes. Como não teve resposta, pediu ajuda a vizinhos, que encontraram as vítimas mortas.

O homem assassinado tinha 56 anos e a esposa dele 53. Embora os corpos tenha sido localizados pela manhã, indícios apontam que o crime aconteceu enquanto o casal dormia e que Sérgio usou uma corda para acessar a residência, possivelmente durante a madrugada.

“Segundo análise preliminar do que as testemunhas puderam falar para a gente, é uma mistura de sentimentos – tanto querer se vingar da ex-mulher matando as pessoas que lhe são próximas, que lhe são caras, colocando um sentimento de dor nessa ex-mulher, punindo essa ex-mulher, quanto ele tinha então essa rixa com os sogros, que ele achava que não ficavam ao lado dele nesse processo de brigas e separação conjugal”, afirmou a delegada Camila Cecconello.

Ameaças

Ainda de acordo com a DHPP, o suspeito estava separado da filha do casal havia seis meses, depois de um relacionamento de sete anos.

Ela, inclusive, já tinha uma medida protetiva contra Baduy, com quem tem uma filha de seis anos, porque sofria ameaças. As investigações apontam que ele não aceitava o fim do relacionamento.

Enquanto casados, o casal morou em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, onde dois Boletins de Ocorrências por violência doméstica foram feitos contra o suspeito pela ex-mulher. Em uma ocasião, segundo a polícia, ela foi ameaçada por Baduy com uma faca.

Via:G1/PR

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.