A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Paraná  ›  Cursos da área da saúde poderão retomar as aulas presenciais no Paraná

Cursos da área da saúde poderão retomar as aulas presenciais no Paraná

Publicado em: 29 set 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

A Secretaria de Estado da Saúde publicou, nesta segunda-feira (28), a Resolução nº 1173/2020, que permite que alunos de cursos técnicos e profissionalizantes da área de saúde, de graduação das áreas de saúde, em seus últimos dois anos, e pós-graduação em todas as áreas retomem as aulas presenciais.

As instituições de ensino deverão seguir as medidas de segurança sanitária, como distanciamento social e protocolos de higiene, de acordo com a Resolução nº 632/2020, que estabelece orientações e o regramento para o funcionamento de diversas atividades.

“Em meio ao enfrentamento desta pandemia, o trabalho da saúde e de seus profissionais ficou ainda mais em evidência e ficou claro que existe a necessidade de colocar mais pessoas para atuar nesta área. Nosso objetivo é capacitar e finalizar a formação destes alunos para que possam ingressar na área da saúde o quanto antes”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A fim de evitar aglomerações, as instituições deverão traçar estratégias de revezamento e horários de aulas diferenciados para realização de atividades, segundo prevê a normativa. “Estipulamos critérios que devem ser seguidos por parte das instituições de ensino e seus alunos para que possamos retomar as aulas sem qualquer prejuízo à saúde dos paranaenses”, acrescentou o secretário.

Todas as orientações estabelecidas pela Sesa serão fiscalizadas pela pasta, em conjunto com as secretariais municipais de saúde. O não cumprimento implicará em multa, com valor dobrado em caso de reincidência.

Retomada
Segundo Beto Preto, não há, neste momento, previsão de retorno total de atividades escolares presenciais.
“O cenário epidemiológico atual indica que ainda não é a hora de retornamos totalmente com as aulas presenciais. Este assunto, juntamente com os dados, é analisado diariamente no Governo. Precisamos de uma queda sustentada do número de casos e óbitos para que tenhamos segurança neste retorno”, afirmou.

Venda de remédios como a invermectina tem queda de 81,3% na Grande Curitiba 

Após dois meses de forte alta, as vendas dos medicamentos antiparasitários e anti-helmínticos, como a Ivermectina, registraram queda nas farmácias do Paraná no mês de agosto. Segundo dado do levantamento realizado pela Linx, líder e especialista em tecnologia para o varejo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (IBRE FGV), a quantidade do medicamento vendida caiu 81,3% na Grande Curitiba e 79,3% nos demais municípios do estado, em relação a julho deste mesmo ano.

Segundo análise, a queda nas vendas ocorreu no mesmo período em que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização do medicamento sem prescrição médica. Apesar da falta de comprovação científica, o remédio foi alvo de uma intensa busca no estado por ser considerado “preventivo” contra o novo Coronavírus e viu seu crescimento disparar. Em junho, as vendas haviam subido 349,7% em relação ao mês de maio, na Grande Curitiba, e 660,5% nos outros municípios.

Fonte:Bem Paraná/Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.