A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Paraná  ›  “Cotado para o MEC, Renato Feder reúne forte apoio de militares e empresários

“Cotado para o MEC, Renato Feder reúne forte apoio de militares e empresários

Publicado em: 23 jun 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

“Entre os principais cotados à vaga de ministro da Educação, Renato Feder, secretário de Educação no Paraná, reúne forte apoio de empresários e militares ligados ao governo. Na manhã desta terça-feira (23), ele se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, por quase uma hora. Abraham Weintraub deixou o cargo no último dia 18.

À Gazeta do Povo, fontes “extraoficiais” afirmaram que será missão difícil para o Planalto encontrar um nome com maior convergência de apoio das chamadas três alas do governo – militar, ideológica e empresarial – do que Feder tem. O secretário foi recebido no Planalto com apoio do governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), ministros militares e das Comunicações, Fábio Faria, além de empresários como Meyer Nigri, fundador da Tecnisa e apoiador de Bolsonaro desde a campanha.”

“O secretário também se reuniu com Marcelo Ribeiro, presidente do Republicanos, após encontrar Bolsonaro e mostrar ao presidente resultados de sua gestão no Paraná.

“Para mim ou qualquer ministro que venha assumir o MEC, a pauta principal tem que ser o trabalho por aulas de maior qualidade. Esse é o foco. Os alunos estão aprendendo matemática, estão aprendendo português, a qualidade está boa, que tipo de apoio cada município precisa. O ministro tem que focar nessa pauta, que tipo de tecnologia é utilizada para ajudar, que tipo de informação, o que os melhores países fazem e que podem trazer para nossos Estados e municípios. Essa é a pauta que o MEC deveria focar”, disse Feder, ao jornal O Estado de São Paulo.

“O aprendizado no Paraná tem crescido bastante, temos feito uma política bem forte de tecnologia de apoio à escola, apoio ao professor com boas ferramentas, boa gestão, de foco no aprendizado do aluno”, disse.

Segundo Feder, o presidente teria demonstrado preocupação com a aprovação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Bolsonaro não teria, por outro lado, mencionado pautas como Escola sem Partido, ideologia de gênero e cotas raciais.

“Ele entende que a aprovação do Fundeb é muito importante e quer um ministério que apoie as secretarias de Educação, principalmente na área de tecnologia. Ele está preocupado com os alunos que estão sem aula e que tipo de retorno o MEC pode ajudar quando as redes tomarem a decisão de voltar”, relatou.”

“A presença de Antônio Paulo Vogel, responsável interino pelo MEC, na reunião, sinaliza uma possível transição. Logo após a conversa, Feder teria voltado a falar com o presidente, por telefone.

Como publicou a Gazeta do Povo, Feder, paulista, de 41 anos, é mestre em Economia pela Universidade de São Paulo (USP) e tem perfil empreendedor e liberal de mercado. Ele reúne bagagem no setor privado como executivo de empresa de tecnologia e, na educação, tem experiência com Educação de Jovens e Adultos (EJA).”

“A presença de Antônio Paulo Vogel, responsável interino pelo MEC, na reunião, sinaliza uma possível transição. Logo após a conversa, Feder teria voltado a falar com o presidente, por telefone.

Como publicou a Gazeta do Povo, Feder, paulista, de 41 anos, é mestre em Economia pela Universidade de São Paulo (USP) e tem perfil empreendedor e liberal de mercado. Ele reúne bagagem no setor privado como executivo de empresa de tecnologia e, na educação, tem experiência com Educação de Jovens e Adultos (EJA).”

Essas e outras informações na nossa programação Rádio Cultura AM 930

(Via Gazeta do Povo)

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.