A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Brasil  ›  CoronaVac 75% e AstraZeneca 90%: estudo indica efetividade de vacinas contra internação e morte por Covid

CoronaVac 75% e AstraZeneca 90%: estudo indica efetividade de vacinas contra internação e morte por Covid

Publicado em: 27 ago 2021

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

Um estudo realizado a partir da análise de dados de 60 milhões de brasileiros vacinados entre janeiro e junho deste ano aponta que a as vacinas CoronaVac e a AstraZeneca são efetivas na prevenção de casos graves de Covid-19, hospitalizações e mortes. A pesquisa aponta, porém, que a efetividade de ambas as vacinas cai na faixa acima dos 90 anos e sugere uma dose de reforço para esse público.

Os dados foram publicados na quarta-feira (25) no formato de pré-print, ou seja, é uma prévia do estudo que ainda não passou pela revisão independente de outros cientistas e também não foi aprovado e publicado em uma revista científica.

O que é efetividade? É possível comparar vacinas?

É importante saliente a diferença entre os conceitos de taxa de efetividade e eficácia de uma vacina. A taxa de eficácia é medida em condições controladas nos estudos com voluntários, como nos testes de fase 3, enquanto que a efetividade é definida com base em dados da população vacinada.

specialistas alertam que as taxas de efetividade das duas vacinas não podem ser comparadas para apontar qual é mais eficaz, pois elas foram aplicadas em públicos diferentes e em fases distintas da pandemia.

Via:G1

Mais informações na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.