A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Policial  ›  Acusado de importunação sexual é preso pela Delegacia da Mulher de Londrina

Acusado de importunação sexual é preso pela Delegacia da Mulher de Londrina

Publicado em: 24 set 2020

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

A Polícia Civil do Paraná, por intermédio da Delegacia do Mulher de Londrina, prendeu preventivamente nesta quinta-feira (24) um homem de 40 anos, investigado pela prática do crime de importunação sexual contra, pelo menos, 4 vítimas.

O primeiro fato ocorreu na manhã do dia 28 de agosto , no bairro Josualdo Garcia, quando a vítima de 47 anos estava no pátio de sua residência recolhendo o lixo e percebeu que um homem se aproximou do portão com as calças abertas e com o órgão genital para fora. Ele entrou na casa e agarrou a vítima pelas costas, momento em que ela começou a gritar e o homem saiu correndo e fugiu.

O segundo fato aconteceu no mesmo dia no bairro João Paz. A vítima, de 23 anos, estava com sua irmã no colégio fazendo matrícula, quando o homem adentrou a escola bastante inquieto e abriu as calças e mostrou o órgão sexual e tentou agarrar a vítima, que gritou e ele saiu correndo. As câmeras de segurança da escola registraram a entrada do indivíduo no estabelecimento.

O terceiro fato denunciado ocorreu no dia 24 de agosto em um ponto de ônibus. A vítima de 40 anos relatou que estava aguardando o transporte coletivo quando viu que um homem estava se masturbando próximo a ela e que quando entrou no ônibus, este mesmo homem tocou suas partes íntimas com a mão e depois saiu correndo.

O quarto fato denunciado ocorreu no dia 11 de agosto, também em um ponto de ônibus. A vítima de 20 anos relatou que no local um homem se aproximou dela, com o zíper da calça aberto e com o órgão genital exposto. Ela tentou se afastar, mas o homem continuou vindo atrás dela e quando ela fez sinal para o ônibus, ele passou a mão em suas partes íntimas e depois saiu correndo.

Após a divulgação das imagens, a Polícia Civil recebeu diversas informações que levaram à identificação do homem que estaria importunado sexualmente diversas mulheres. Em razão de se preservar a ordem pública e garantir a aplicação da lei penal, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva, a qual fora decretada pelo Poder Judiciário.

Na data de hoje, o investigado compareceu à Delegacia da Mulher quando então fora dado cumprimento a 3 mandados de prisão expedidos contra ele. O investigado foi interrogado e confessou a prática delitiva.

A partir de hoje, a Delegacia da Mulher tem o prazo de 10 (dez) dias para a conclusão dos Inquéritos Policiais, os quais, após a conclusão, serão encaminhados ao Poder Judiciário para apreciação.

O investigado já possuía diversas passagens anteriores pela prática da antiga contravenção penal de importunação ofensiva ao pudor, hoje o crime de importunação sexual.

Informações: PCPR

Foto: Divulgação

Outras notícias na programação da Rádio Cultura AM 930

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© 2020 Cobra News - Todos os direitos reservados.