A Notícia Certa!

Home  ›  Notícias  ›  Policial  ›  Avó joga água quente nas costas do neto de 9 anos em Sertãozinho SP

Avó joga água quente nas costas do neto de 9 anos em Sertãozinho SP

Publicado em: 9 set 2019

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paraná.

Uma mulher de 62 anos foi detida pela Polícia Militar após jogar água fervente nas costas do neto, de nove anos, em Sertãozinho, interior de São Paulo. Ela admitiu a agressão e disse que foi uma reprimenda por uma desobediência do menor. A criança teve queimaduras em 23% do corpo.

Miguelina de Jesus foi encaminhada à delegacia pela Polícia Militar, prestou depoimento e foi liberada. Segundo a Polícia Civil, ela irá responder por lesão corporal. O Conselho Tutelar foi chamado e retirou a criança do cuidado da avó.

Miguelina fervia água para fazer café. Ela pediu que o neto fosse se banhar, mas ele teria respondido à ordem com xingamentos. “Não gosto que ele durma sujo. Na hora que ele não quis rir, me revoltei toda”, disse a idosa.

A avó afirmou que teve um “momento de raiva” e jogou a água quente no menino. “Ele passou correndo, eu joguei a água e pegou nas costas dele. Eu não achei que estava quente.”

Uma vizinha da família ouviu os gritos e acabou chamando a Polícia Militar. A criança foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada à Santa Casa, onde permanece internada em estado estável. Segundo o hospital, ele teve queimaduras de terceiro grau, o tipo mais grave, nas costas. “A criança foi contida pela equipe e levada para a Santa Casa o mais rápido possível”, disse Márcio Rodrigues, atendente do Samu que participou do resgate.

De acordo com Rodrigo Clemente, conselheiro tutelar que cuida do caso, o garoto e um irmão dele de 11 anos não estão mais sob os cuidados da avó. “Estamos acompanhando o caso desde ontem e decidimos entregar essa criança, e também o irmão, para familiares da parte materna, já que todos os familiares paternos residem na mesma casa. É uma forma de precaução”, disse.

Ele afirmou, ainda, que acredita ser difícil que Miguelina possa voltar a ficar com as crianças. “Não acredito que seja algo possível devido ao que ela fez”,

Problemas familiares

Miguelina conta que cuidava dos dois meninos porque o filho dela, o pai das crianças, é alcoólatra e fica pouco em casa. A mãe das crianças, que segundo Miguelina é usuária de drogas, abandonou a família. “Cuido deles desde pequenos, os dois dão muito trabalho. Não é a primeira vez que eles fazem isso”, disse.

Ela afirma que está arrependida da agressão ao neto, mas que está cansada de cuidar das crianças e da casa. “Eu sei que eles podem tirar ele de mim, estou arrependida, mas não aguento mais. Não vou esconder. Sou uma mulher bonita, trabalhadeira, que sustento minha casa com dinheiro puro.”

A reportagem conseguiu conversar com um vizinho. Ele disse que a mulher costuma cuidar bem dos netos. “Eles são muito difíceis, mas ela nunca judiou deles”, disse, sob condição de não ser identificado.

Essas e outras informações na nossa programação Rádio Cultura AM 930

Via Terceira Opinião

APOIO

SOBRE

No Portal Cobra News você acompanha as últimas notícias do Paraná, do Brasil e do mundo. Só aqui você encontra informação com credibilidade sobre cultura, política, educação, policial, variedades e muito mais.

Cobra News, a notícia certa!

Sistema Cobra de Comunicação:

NOTÍCIAS

CLUBE DE OFERTAS

FALE CONOSCO

Preencha o formuário abaixo para falar com nossa equipe. Ou se preferir envie sua mensagem via WhatsApp para o número: (43) 99924-1071




© Cobra News - Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Ricardo Carvalho